Mortes em casa por problemas cardíacos crescem 30% durante a pandemia, aponta pesquisa

Na pandemia

Publicado em 29/06/2020 - 12:59 Por Maíra Heinen - Brasília

Mais pessoas morreram em casa por doenças cardiovasculares durante a pandemia. É o que indica os números apresentados pela SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia) e pela Arpen (Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Brasil).

 

O aumento de mortes em domicílio por AVC, infarto e outras doenças cardiovasculares foi de mais de 30%, em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2019, entre os meses de março e maio, foram 11.990 mortes por doenças cardíacas. Neste ano, foram 15.847 óbitos.

 

Na avaliação da SBC, as mortes por doenças cardíacas têm possivelmente três fatores principais: acesso limitado a hospitais onde houve sobrecarga do sistema de saúde, redução da procura por cuidados médicos devido ao distanciamento social ou por medo de contrair Covid-19, e também o isolamento que prejudica a detecção de sintomas.

 

O presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Marcelo Queiroga, aponta ainda que a Covid-19 também afeta o sistema cardíaco. A orientação do cardiologista é que pessoas com doenças cardíacas não deixem de fazer uso dos medicamentos já utilizados de maneira contínua. Ele também reforça a importância de não fumar e de melhorar a alimentação.

 

Devido a diferentes prazos legais para a realização do registro de morte e ainda para o envio das informações à Central de Informações do Registro Civil, a Arpen também alerta que os números por doenças cardíacas em casa podem ser ainda maiores.

Últimas notícias
Pesquisa e Inovação

Fiocruz celebra 122 anos com histórias de sucesso e projetos de futuro

Em 122 anos a fundação cresceu e está presente em todas as cinco regiões do Brasil, com núcleos em dez estados, além do Distrito Federal e ainda tem parcerias com instituições científicas de 50 países.

Baixar arquivo
Saúde

Amazonas: Oftalmologia Humanitária realizará cirurgias e doará óculos

Os moradores dos municípios de Barcelos, Santa Isabel e Novo Airão, no Amazonas vão receber atendimentos oftalmológicos de graça a partir deste domingo até o dia 7 de junho.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU pede investigação "célere e completa" sobre morte em ação da PRF

Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, morreu depois de ser colocado por agentes da PRF dentro de uma viatura de onde saía muita fumaça. O IML de Sergipe identificou de forma preliminar a causa da morte como asfixia..

Baixar arquivo
Geral

Ao menos 33 pessoas morrem por causa das chuvas em Pernambuco

Uma única ocorrência neste sábado causou 19 óbitos: um deslizamento de barreira em uma comunidade na zona sul do Recife.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Dia da Dignidade Menstrual alerta para falta de acesso a itens básicos

Este sábado (28) é o Dia Internacional da Dignidade Menstrual, data que chama a atenção para a urgência de se garantir o acesso a itens de higiene, infraestrutura adequada e informação.

Baixar arquivo
Economia

Por liminar, justiça suspende demissões na Caoa Chery em Jacarei - SP

Segundo decisão da justiça do trabalho as dispensas coletivas precisam de prévia negociação considerando o impacto social que causam. A empresa tem prazo de cinco dias para o cumprimento da medida sob pena de multa de R$ 50 mil por dia. 

Baixar arquivo