Quatro comunidades do Rio têm letalidade por Covid-19 menor que 1%, aponta pesquisa

Pesquisa

Publicado em 22/06/2020 - 20:06 Por Fabiana Sampaio - Rio de Janeiro

A taxa de letalidade - número de mortos em relação ao total de infectados - da Covid-19, em quatro comunidades do município do Rio de Janeiro, está abaixo de 1%. Rocinha, Maré, Cidade de Deus e  Rio das Pedras têm percentuais entre 0,4% e 0,2%. É o que aponta o resultado da primeira etapa de pesquisa sobre a doença feita pela Prefeitura, com a colaboração do Ibope, para identificar incidência e letalidade da Covid-19 em comunidades cariocas. O trabalho analisou 3.210 coletas de testes rápidos feitos em moradores de seis regiões: Rocinha, Maré, Cidade de Deus, Rio das Pedras, Realengo e Campo Grande.
 

O levantamento apontou que o maior percentual de casos positivos nas seis regiões pesquisadas ocorreu na Cidade de Deus, que fica na zona oeste, com  28%. O menor ocorreu, em Campo Grande, também na zona oeste, com  5%.  Campo Grande, no entanto, têm a maior taxa de letalidade, de 1,8%; e Realengo, vem na sequência com 1,2%.

 

A pesquisa também apontou que o percentual de casos positivos, mas sem sintomas, foi mais alto entre os idosos. A incidência foi de 67% na faixa dos 80 a 89 anos. Esse percentual foi de 50% entre os adultos de 30 a 39 anos e de 45% entre os com idades de 40 a 49 anos.

 

Em coletiva, nesta segunda-feira (22), o prefeito Marcelo Crivella destacou que os dados de incidência e letalidade da Covid-19 no município  são compatíveis com os de outras cidades do mundo:

 

"Essa notícia é muito importante porque havia uma fake news de que no estado do Rio de Janeiro, na cidade do Rio de Janeiro, o índice de mortalidade era maior em outros locais. Mas não. É exatamente próximo ao universal", explicou.

 

O levantamento foi feito com pessoas de 18 anos ou mais, residentes na cidade do Rio de Janeiro. A pesquisa é dividida em cinco fases e, segundo a Prefeitura, nas próximas etapas,  será possível acompanhar a velocidade de expansão do número de contaminados.

 

A segunda  etapa vai começar no próximo dia 1º de julho, nos mesmos locais.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Minirreforma ministerial é publicada no Diário Oficial da União

Uma das mudanças foi a nomeação de Ciro Nogueira, presidente nacional do PP para comandar a Casa Civil. Ele vai substituir o general Luiz Eduardo Ramos, que foi nomeado para a Secretaria-geral da Presidência da República.

Baixar arquivo
Saúde

Pesquisa indica que vacinados continuam a transmitir a covid-19

Quem está vacinado contra a covid-19 ainda pode transmitir a doença e também contrair o coronavírus, ainda que com menor gravidade. Essas são as conclusões de um estudo da Fapesp.

Baixar arquivo
Saúde

Em 24 anos, SP registra queda de 74% de mortes por Aids

Em 1995, foram registrados 7.739 óbitos. Em 2019, caiu para 2.049 mortes.

Baixar arquivo
Geral

Governo deve apresentar reformulação de programas sociais

As mudanças devem juntar diversos programas sociais já existentes e beneficiar cerca de 17 milhões de pessoas. Atualmente, o Bolsa Família atende em torno de 14 milhões de pessoas.

Baixar arquivo
Esportes

Tóquio 2020: Japonês vence individual geral da ginástica artística

O brasileiro Caio Souza terminou na 17ª posição na final do individual geral masculino de ginástica artística. Já o paulista Diogo Soares foi o 20° colocado.

Baixar arquivo
Economia

Prorrogada suspensão dos procedimentos de benefícios sociais

A portaria do Ministério da Cidadania foi publicada nessa terça-feira (27) no Diário Oficial da União.

Baixar arquivo