MP quer garantir atendimento de plano de saúde para procedimentos destinados a autistas no Acre

MPF no Acre

Publicado em 29/07/2020 - 12:00 Por Maíra Heinen - Brasília

Operadoras de planos de saúde têm se negado a fornecer tratamentos reconhecidos e indicados por especialistas a pessoas com transtorno do espectro autista. A justificativa é a falta de protocolos clínicos específicos para o tratamento.

 

No Acre, o Ministério Público Federal entrou com uma ação na Justiça Federal para que a Agência Nacional de Saúde (ANS) defina esses protocolos.

 

De acordo com a ação, a inserção dos tratamentos específicos na lista de procedimentos da ANS vai evitar a atitude discriminatória dos planos de saúde.

 

O problema tem se repetido em todos o país. Segundo a presidente da Associação Brasileira de Autismo no Distrito Federal, Lucinete Ferreira, a burocracia é um enfrentamento constante para os pais de crianças com espectro autista.

 

Leilane Ericson é mãe de Elias, de 7 anos. Com as recusas do plano de saúde em atender o filho de forma adequada, ela acabou entrando na justiça para garantir o tratamento.

 

Em nota, a ANS informou que não comenta ações judiciais em tramitação, mas ressaltou que Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde já contempla ampla gama de procedimentos dos beneficiários portadores do Transtorno do Espectro Autista.

 

Ainda de acordo com a agência reguladora, a lista de procedimentos determina um número mínimo de sessões que devem ser obrigatoriamente cobertas pelos planos, sendo, por exemplo, de 96 sessões por ano com fonoaudiólogo e 40 sessões por ano com psicólogo ou terapeuta ocupacional. Já as consultas com médico psiquiatra, atendimento em hospital-dia e as sessões de reeducação e reabilitação, são ilimitadas, segundo a Agência.

 

A ANS ressalta que esta é a cobertura mínima obrigatória. Os planos de saúde são livres para oferecer cobertura maior do que a mínima definida.

 

A ação do MPF pede que os planos de saúde deixem de aplicar limite de quantidade das sessões de psicoterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e fisioterapia. As limitações, de acordo com os procuradores, inviabilizam o tratamento eficaz às pessoas diagnosticadas com autismo.

 

Se a ação for atendida, a ANS terá 15 dias para notificar todas as operadoras de planos privados de saúde do teor da decisão.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Cartilha do MEC orienta retorno às aulas presenciais para surdos

Material traz orientações para que medidas de segurança contra covid-19 sejam adaptadas às necessidades de aprendizado do grupo, como o uso de máscara transparente e a disposição de carteiras escolares.

Baixar arquivo
Saúde

Vacinados ainda podem ser infectados pelo coronavírus

De acordo com especialistas, a imunização evita casos graves da doença, mas não impede que a pessoa seja reinfectada - e transmita o vírus. Para evitar o contágio, vacinação deve ser combinada com distanciamento social e uso de máscara.

Baixar arquivo
Política

Senado: Cronograma para CPI da Covid será apresentado na segunda

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse que na próxima segunda-feira, vai apresentar o cronograma e os procedimentos para a instalação da CPI da Covid-19.

Na primeira reunião serão escolhidos por meio de votação o presidente e o vice-presidente da Comissão.

Baixar arquivo
Política

Joaquim Silva e Luna é aprovado para a presidência da Petrobras

O general foi aprovado em reunião do Conselho de Administração da estatal realizada nesta sexta-feira (16). Também foram nomeados os sete integrantes da Diretoria Executiva da estatal. Três deles foram reconduzidos ao cargo.

Baixar arquivo
Saúde

Anvisa chega neste sábado a Moscou para vistoriar fábrica da Sputnik V

Conclusões vão subsidiar decisão sobre uso da vacina no Brasil. Anvisa faz busca ativa das informações, já que 40% dos documentos que devem ser entregues pelos fabricantes estão incompletos ou não chegaram a ser apresentados.

Baixar arquivo
Saúde

SP: Crianças e gestantes foram vacinadas contra covid por engano

 Ao todo, 51 pessoas foram vacinadas contra a covid-19 por engano no estado de São Paulo. Eram pessoas que deveriam tomar a vacina contra a gripe e acabaram recebendo doses da Coronavac.

Baixar arquivo