Hemorio faz campanha para aumentar doações de sangue

Estoques tiveram queda de 10% em outubro em relação a 2019

Publicado em 29/10/2020 - 12:42 Por Lígia Souto - Rio de Janeiro

O Hemorio entrou em alerta vermelho depois de registrar uma queda de quase 10% nas doações de sangue em outubro, na comparação ao mesmo mês do ano passado. Foi o menor número de voluntários por dia desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Com isso, a unidade entrou em estágio crítico e precisou acionar medidas de controle, como a convocação de doadores por e-mail e telefone, além da realização de uma nova campanha para reverter a baixa nos estoques e o risco de desabastecimento.

Batizada de Sangue Novo, a campanha incentiva a doação a partir dos 16 anos, idade inicial autorizada a realizar o procedimento, mediante o consentimento dos pais ou responsáveis.

Em média, o Hemorio tem capacidade para receber até 500 doadores por dia, quantidade suficiente para atender toda a rede pública do estado.

Para uma situação regular nos estoques, é necessário que a unidade disponha de pelo menos 300 bolsas de sangue diariamente. Com apenas uma doação, é possível salvar até quatro vidas.

O diretor Geral do Hemorio, Luiz Amorim, lembra que a doação neste momento é fundamental para garantir suporte às principais emergências, maternidades e unidades de saúde do estado. Isso por que, com a retomada das cirurgias eletivas, a necessidade por bolsas de sangue aumenta progressivamente.

Para doar é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50 quilos, estar bem de saúde e portar um documento de identidade oficial com foto. Não é necessário estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e bebidas alcoólicas 12 horas antes da coleta.

Aqueles que tiveram covid-19 só podem doar sangue após 30 dias do desaparecimento dos sintomas e apenas se tiverem registrado a forma branda da doença.

O Hemorio fica na Rua Frei Caneca, número 8, no centro da cidade, e funciona todos os dias de semana, das 7h às 18h, inclusive finais de semana e feriados.

Últimas notícias
Saúde

OMS monitora quase 30 novas suspeitas de varíola dos macacos

Depois de confirmar mais de 90 casos de varíola dos macacos, a Organização Mundial da Saúde monitora quase 30 novas suspeitas da doença endêmica, sem registro de mortes. Segundo a entidade, a situação está em evolução e deve haver mais casos identificados.

Baixar arquivo
Economia

Crise econômica afeta mercado imobiliário no país

Os lançamentos imobiliários foram reduzidos em 42,5% e a oferta final em 7,6% no primeiro trimestre de 2022. Os números são da Câmara Brasileira da Indústria da Construção.

Baixar arquivo
Economia

Mourão diz que há espaço para comércio com a China crescer ainda mais

Aumentar o valor agregado dos três produtos brasileiros mais exportados para a China: petróleo, minério de ferro e soja. Esse é um dos objetivos do governo brasileiro anunciado nesta segunda-feira (23) pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

Baixar arquivo
Geral

São Paulo: atividade conscientiza sobre risco de dirigir embriagado

Em São Paulo, uma atividade utilizando um simulador de embriaguez busca conscientizar as pessoas sobre o risco de dirigir após consumir bebidas alcoólicas.

Baixar arquivo
Geral

EBC lidera ranking de desempenho de custos entre empresas públicas

Pelo terceiro ano seguido a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) conquistou o primeiro lugar no ranking "Desempenho na Qualidade da Informação de Custos".

Baixar arquivo
Esportes

Na ativa aos 50, Rubinho vibra com filhos mantendo o legado nas pistas

Piloto na F1 por quase 20 anos, veterano segue competindo na Stock Car

Baixar arquivo