Doença infecciosa transmitida por gatos é confirmada em Manaus

Publicado em 14/12/2020 - 16:33 Por Bianca Paiva - Brasília

Em Manaus, a confirmação de gatos diagnosticados com uma doença infecciosa que pode ser transmitida a humanos preocupa as autoridades de saúde.

Quatro casos de esporotricose animal em felinos já foram confirmados e outros 16 ainda estão em análise, segundo a Secretária de Saúde da capital amazonense.

Transmitida por um fungo, nos humanos a doença ataca principalmente a pele. As lesões começam com um caroço, podendo formar uma ferida de difícil cicatrização. Na sua forma mais agressiva, a esporotricose animal desequilibra o organismo, tendo impacto em outras doenças ou comorbidades que a pessoa venha a ter.

Nos gatos, aparecem feridas profundas que não cicatrizam, geralmente no focinho e patas, podendo progredir para o resto do corpo. Os sinais clínicos incluem perda de peso, apatia e secreção nasal.

O secretário de Saúde de Manaus, Marcelo Magaldi, afirmou que não há necessidade de pânico, e lembrou que a doença tem tratamento e cura.

Uma equipe de profissionais do Centro de Controle de Zoonoses está fazendo o acompanhamento dos casos suspeitos, com visitas domiciliares e coleta de material para exames laboratoriais.

O fungo da esporotricose pode ser transmitido ao gato e às pessoas pelo contato com materiais contaminados, como cascas de árvores, palha, farpas, espinhos ou terra. O gato infectado transmite a doença para outros gatos e para as pessoas por meio de arranhões, mordidas ou contato direto com a pele lesionada.

O membro do Conselho Federal de Medicina Veterinária, José Renato Rezende, alerta que população não deve fazer a soltura de animais com eventuais sintomas, pois isso pode agravar a situação.

Uma portaria do Ministério da Saúde de fevereiro deste ano tornou obrigatória a notificação de casos confirmados de esporotricose animal.

Renato Rezende, que integra a Comissão de Saúde Pública Veterinária do Conselho Federal, afirma ainda que, mesmo domesticados, há felinos que continuam a passar parte do tempo na rua, o que aumenta o risco de disseminação da doença.

Nos últimos 10 anos, foram registrados surtos de esporotricose em animais nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco e Santa Catarina. A doença já teve registros em todo o território nacional.

Edição: Ana Pimenta

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Justiça

STF proíbe manutenção de empregos de aposentados em estatais após 2019

O plenário do Supremo Tribunal Federal decidiu que o vínculo empregatício de funcionários de empresas estatais deixa de existir para todos os que se aposentaram depois da reforma da previdência de 2019.

Baixar arquivo
Política

Bolsonaro pede a supermercadistas que não aumentem a cesta básica

Durante encontro com empresários, no Rio de Janeiro, o presidente da Republica, Jair Bolsonaro, fez um apelo ao setor supermercadista para que segurem os preços da cesta básica. Os empresários entregaram uma carta com pedidos de avanço da vacinação e prorrogação do auxílio emergencial

Baixar arquivo
Saúde

Com aumento de casos de covid, Araraquara vai adotar novo lockdown

Com crescimento de casos de coronavírus, Araraquara vai adotar novo lockdown. A decisão foi tomada nessa quinta-feira depois da cidade registrar pelo terceiro dia consecutivo mais de 20% de testes positivos nas amostras colhidas de pessoas com sintomas e assintomáticas.

Baixar arquivo
Saúde

Governo do DF vai flexibilizar medidas de combate à covid-19

O governo do Distrito Federal vai publicar nesta sexta-feira novo decreto flexibilizando medidas de combate à covid-19. Com isso, pessoas do grupo de risco vacinadas devem voltar ao trabalho 30 dias após o recebimento da segunda dose da vacina ou da dose única.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz: Média móvel ultrapassa 2 mil mortes diárias por covid-19

A média móvel de mortes diárias por covid-19 voltou a ser superior a 2 mil nesta quarta-feira, de acordo a ferramenta Monitora Covid-19 da Fiocruz. Esse patamar não era alcançado desde 10 de maio, e mantém um movimento ascendente a partir do dia 6 de junho.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

2021 é o ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil

Entre 2012 e 2019, foram registradas mais de 54 mil denúncias de exploração do trabalho infantil. Os números estão disponíveis no Observatório Digital da Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, que foi atualizado nesta quinta-feira.

Baixar arquivo