Dia Mundial das Doenças Raras marca importância do diagnóstico

Elas atingem atualmente até 65 a cada 100 mil pessoas

Publicado em 28/02/2021 - 15:59 Por Luisa Câmara - Brasília

No dia em que se celebra o Dia Mundial das Doenças Raras, nós temos uma missão, identificar a complexidade dessa luta junto à entidades, órgãos governamentais e pacientes.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, são consideradas como raras as doenças que atingem no máximo até 65 pessoas a cada 100 mil pessoas. Estima-se que existem entre seis mil e oito mil tipos de doenças raras, sendo que 30% dos pacientes morrem antes dos cinco anos de idade.

A busca pelos remédios e tratamento corretos são algumas das dificuldades enfrentadas por esses pacientes. Essa difícil descoberta afeta também familiares. Foi o que aconteceu com Lauda Santos. A dor pela perda de uma filha com três anos de idade por uma doença rara foi transformada em pulso e motivação para se empenhar na causa.

Hoje, presidente da Associação Maria Vitória de Doenças Raras e Crônicas - AMAVI em Brasília. Ela, que viveu na pele essa experiência, fala sobre os desafios que as pessoas com doença rara enfrentam. 

Outro obstáculo que esses paciente enfrentam é a dificuldade no diagnóstico da doença. Esse foi o caso de Djane da Silva Bento de 44 anos. Ela tem  Lupus, uma doença rara e autoimune, que afeta tecidos e órgãos como pele, articulações e rins. Djane conta que demorou três anos até identificar a doença.

No Brasil e no mundo, o dia 28 de fevereiro, Dia das Doenças Raras, é marcado para lembrar a necessidade de conhecimento e pesquisa na área para melhorar o tratamento e apoio aos pacientes. 

Segundo o Ministério da Saúde, atualmente no Brasil, há estimados 13 milhões de pessoas com doenças raras. 

Edição: Joana Lima

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo restringe entrada de estrangeiros vindos da Índia

Após recomendação da Anvisa, o governo federal proibiu temporariamente a entrada no país de passageiros estrangeiros de voos com origem ou passagem pela Índia, pelo Reino Unido, pela Irlanda do Norte e pela África do Sul.

Baixar arquivo
Geral

Quadro de saúde de Bruno Covas é irreversível, segundo boletim médico

Covas soube que estava com câncer entre o esôfago e o estômago em 2019. Internado desde 02 de maio no hospital Sírio-Libanês, ele está sedado e acompanhado de familiares.

Baixar arquivo
Saúde

Município de Botucatu realiza vacinação em massa

A iniciativa consiste em estudo da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca; e é resultado de parceria entre a Prefeitura, Governo Federal, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu e Fundação Gates.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro tem melhora no risco da pandemia

A região norte saiu da bandeira laranja e passou para a amarela, risco baixo; e a região litorânea foi da laranja para a vermelha. Com as mudanças o estado fica na bandeira laranja, que indica risco moderado.

Baixar arquivo
Política

Corpo de Picciani é cremado em cerimônia no Rio de Janeiro

Jorge Picciani morreu aos 66 anos, na madrugada dessa sexta-feira, no hospital Vila Nova Star, em  São Paulo, onde estava internado desde o dia 8 de abril, para tratar de um câncer na bexiga.

Baixar arquivo
Saúde

Lewandowski concede a Pazuello direito de ficar em silêncio na CPI

A decisão contempla parcialmente o pedido de habeas corpus feito pela Advocacia-Geral da União e inclui o direito a não responder perguntas que possam incriminá-lo em seu depoimento, marcado para a próxima quarta-feira (19).

Baixar arquivo