Anvisa aprova registro definitivo da vacina de Oxford

Agência também liberou uso no Brasil de medicamento contra a covid-19

Publicado em 12/03/2021 - 15:06 Por Leandro Martins - Brasília
Atualizado em 12/03/2021 - 15:58

A vacina da Oxford recebeu nesta sexta-feira (12) autorização definitiva da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser aplicada no Brasil. Segundo a Anvisa, o imunizante tem eficácia de cerca de 70% e seus benefícios superam os riscos.

A vacina já tinha autorização para uso emergencial. O pedido para registro definitivo no Brasil foi feito no dia 29 de janeiro. Ela é fabricada pelo laboratório AstraZeneca, em parceira com a Fiocruz. 

A Anvisa anunciou também o registro oficial do primeiro medicamento contra a covid-19: o Remdesivir. Fabricado nos Estados Unidos e na Irlanda,  ele deve ser aplicado em pacientes com o novo coronavírus, mas sob algumas condições, entre elas ser maior de 12 anos.

O Remdesivir já vem sendo utilizado em países da União Europeia e nos Estados Unidos. A  Anvisa  acrescentou que ainda está sendo feito um controle de qualidade e avaliação da toxicidade do remédio.

 

Últimas notícias
Geral

Taxa de desemprego fica em 7,6% no trimestre encerrado em janeiro

 A população desocupada, ou seja, aqueles em busca de trabalho, chegou a 8,3 milhões de pessoas.

Baixar arquivo
Geral

PF faz operação contra suspeitos de invadir sede da Polícia Federal

Essas pessoas também são investigadas por dano e incêndio generalizados aos patrimônios público e privado.

Baixar arquivo
Geral

Empresários do DF são presos acusados de financiar o 8 de janeiro

Dois empresários do Distrito Federal foram presos, nesta quinta-feira (29), acusados de financiar e incentivar os atos antidemocráticos de 8 de janeiro.

Eles foram alvos de mais uma fase da Operação Lesa Pátria. 

Baixar arquivo
Economia

Juros do consignado do INSS é reduzido para 1,72% ao mês

A justificativa para a redução foi o corte pelo Copom, Comitê de Política Monetária de 0,5 ponto percentual na Taxa Selic, no fim de setembro.

Baixar arquivo
Saúde

Campanha de vacinação contra gripe será antecipada para março

Tradicionalmente, a imunização acontece entre abril e maio. Mas, neste ano começa antes por causa do aumento da circulação de vírus respiratórios no país. 

Baixar arquivo
Saúde

Doenças Raras: presidente da Abrame cobra acesso ao teste do pezinho

Fátima Braga, Presidente da Associação Brasileira de Amiotrofia Espinhal lembrou que, mesmo leis como a do Teste do Pezinho Ampliado, capaz de detectar de forma precoce diversos problemas de saúde, inclusive doenças raras em recém-nascidos, ainda não é uma realidade na prática da saúde brasileira.

Baixar arquivo