Covid-19: SC, PR e MS têm medidas restritivas em vigor

Capital do Paraná e todo Mato Grosso do Sul vivem toque de recolher

Publicado em 11/03/2021 - 14:15 Por Beatriz Albuquerque - Brasília

Em Santa Catarina, o decreto que prorroga e aumenta as restrições já foi publicado e começa a valer a partir desta sexta-feira (12). Aos finais de semana, só os serviços essenciais vão poder funcionar, e em dias úteis há limitação de pessoas nos estabelecimentos.

O consumo de bebida alcoólica nos locais de venda está proibido em todos os dias da semana, entre 21h e 6h. O transporte coletivo só pode funcionar com 50% da capacidade e as casas noturnas continuam fechadas. Quinhentos policiais estarão nas ruas para garantir que as regras sejam cumpridas.

Nos últimos dias, foram contratados 546 novos leitos clínicos e 313 leitos de UTI em hospitais e unidades de saúde catarinenses. E R$ 300 milhões foram prometidos pelo governo estadual para investir na compra de novas doses de vacina para imunizar a população.

Já no Paraná, a capital Curitiba está na bandeira laranja, que significa situação de alerta de risco médio, desde o início desta semana. Nas redes sociais, o prefeito Rafael Greca afirmou que se a cidade ultrapassar essa bandeira, medidas severas, como lockdown, deverão ser adotadas.

Quase 400 pessoas estão na fila por um leito em Curitiba e na Região Metropolitana. Foram abertos 135 novos leitos para a Covid-19 na capital nos últimos 20 dias, o que totaliza 995 leitos exclusivos. Mas, ainda assim, há fila de espera nas unidades de saúde.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Rafael Greca fez um apelo à população de Curitiba para ficar em casa.

Durante a semana, os serviços não essenciais estão funcionando apenas das 9 da manhã às 7 da noite. Nos finais de semana, apenas delivery até as 19h. Salões de beleza, barbearias, serviços de pets e escritórios também só podem funcionar em dias úteis, das 9h às 19h.

A circulação de pessoas, no período das 20h às 5h, está proibida em espaços e vias públicas, a menos que haja urgência ou em caso de serviços essenciais.

No Mato Grosso do Sul, todo o estado passa a ter toque de recolher das 20h às 5h, a partir de domingo até o dia 27 de março, quando a situação deve ser reavaliada.

A circulação de pessoas e veículos nesse horário também está proibida, a menos que seja em razão de trabalho, emergência médica ou urgência inadiável.

Durante o horário estabelecido para o toque de recolher, só podem funcionar os serviços essenciais: saúde, transporte, alimentação por meio de delivery, farmácias, funerárias, postos de gasolina e indústrias.

Nos finais de semana, os serviços não essenciais só podem abrir entre 5h e 16h, com capacidade de 50%. Eventos, reuniões, shows e festividades em clubes e salões estão proibidos.

As cirurgias eletivas, nos hospitais das redes pública estadual e contratualizada, estão suspensas. Barreiras sanitárias devem ser instaladas nos aeroportos e pontos de fiscalização nas rodovias de todo o estado. As aulas presenciais da rede estadual de ensino estão suspensas.

O sistema de saúde na macrorregião de Campo Grande está com 106% de ocupação de leitos de UTI, além da superlotação no interior. O estado já registra mais de 3,5 mil mortes por Covid e a média diária de contaminação está na casa de mil.

Últimas notícias
Geral

Justiça do Rio aceita denúncia contra acusados de matar perito

Eles vão responder pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Baixar arquivo
Cultura

Pedra fundamental do Royal Albert Hall foi lançada há 155 anos

Embaixo da pedra fundamental, foi colocada uma “cápsula do tempo” com uma mensagem do primeiro-ministro e moedas de prata e ouro. O marco inaugural pode ser encontrado atualmente no auditório principal, no bloco K, fila 11, assento 87.

Baixar arquivo
Esportes

Rebeca Andrade é destaque do Troféu Brasil de ginástica artística

Rebeca já se classificou para as finais das barras assimétricas na competição que está acontecendo em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, em comemoração aos 250 anos da cidade

Baixar arquivo
Cultura

Museu da Língua Portuguesa em SP tem programação especial nesta semana

Localizado em prédio histórico da Estação da Luz, no Centro de São Paulo, o Museu da Língua Portuguesa tem uma grande diferença em relação aos museus tradicionais: o acervo.

Baixar arquivo
Esportes

Há 15 anos, Romário balançava as redes pela milésima vez

O atacante, hoje senador da República pelo Rio de Janeiro, tinha então 41 anos de idade ao alcançar a mesma marca do Rei Pelé.

Baixar arquivo
Saúde

23 anos da venda de genéricos: saiba o que mudou nesse período

A iniciativa revolucionou o comércio de remédios, favoreceu o acesso a preços mais baixos, mas sem perder a qualidade, segurança e a eficácia dos produtos.

Baixar arquivo