"Estou me sentindo protegida'', diz idosa vacinada contra a covid-19

Especialistas alertam para cuidado na hora de reforço do imunizante

Publicado em 26/03/2021 - 14:44 Por Beatriz Albuquerque - Brasília

Dayse da Silva é proprietária de uma clínica geriátrica em Canoas - RS e conta que os 16 idosos internados e os profissionais de saúde já foram vacinados com as duas doses da vacina. Ela disse que teve muito cuidado no momento da aplicação para que não houvesse nenhum erro.

Esse cuidado é mesmo muito importante. As doses devem ser do mesmo fabricante, ou seja: quem tomou a Coronavac, deve fazer o reforço com o mesmo imunizante. Isso vale também para a vacina Oxford/Aztrazeneca. 

O médico infectologista Julivan Ribeiro explica que os estudos disponíveis apontam que a imunização só é garantida se as duas doses forem do mesmo fabricante e por isso é preciso estar atento.

A Anvisa, inclusive, fez um alerta aos profissionais de saúde e à população nesse sentido. Se alguém identificar que houve troca na segunda dose, é preciso informar às autoridades de saúde.

É sempre bom lembrar: mesmo com a vacina, os cuidados com a higiene das mãos, uso de máscara e distanciamento social precisam ser mantidos. Isso porque quem está imunizado ainda pode contrair a doença, mesmo que de forma branda, e transmitir para quem ainda não tomou a vacina. 

A Dona Genoveva, de 87 anos, que vive na clínica em Canoas e já tomou as duas doses da vacina contra covid-19 conta que isso renovou a sua confiança em dias melhores.

Atualmente, no Brasil, dois tipos de vacina estão sendo aplicadas: a Coronavac, de fabricação chinesa; e a Oxford/Aztrazena, fabricada em parceria com o Instituto Butantan.

Últimas notícias
Política

Presidente da República almoça com embaixadores de 18 países no Rio

Como exemplo de situações de instabilidade mundial, que demonstram a segurança oferecida pelo Brasil, Jair Bolsonaro citou os riscos de desabastecimento que vários países vêm passando.

Baixar arquivo
Geral

Rio de Janeiro: crimes contra a vida têm queda de 17%

Os dados são relativos aos primeiros quatro meses de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 1.025 vítimas, o menor número desde 1991.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: número de testes positivos em farmácias cresce 54% em maio

Dos 210 mil testes realizados na primeira quinzena do mês, quase 50 mil comprovaram a infecção pelo coronavírus. Já em abril, foram 262 mil no total e cerca de 32 mil confirmaram a presença do Sars-Cov-2.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU diz que subiu 500% o total de pessoas com fome no mundo desde 2016

Os níveis de fome ao redor do mundo atingiram uma nova alta, segundo o secretário-geral das Nações Unidas. António Guterres fez declarações na quarta-feira, durante uma reunião ministerial sobre segurança alimentar, em Nova Iorque. 

Baixar arquivo
Política

Lei que torna permanente o Auxílio Brasil é publicada pelo governo

A medida que estabelece um piso do benefício de R$400 de forma permanente foi sancionada, nessa quarta-feira, pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Baixar arquivo
Geral

Estudo indica que exercícios regulares não são afetados pela poluição

Manter a forma praticando exercícios regularmente, mesmo nos ambientes poluídos das grandes metrópoles, pode gerar mais benefícios do que malefícios, é o que diz um estudo da USP.

Baixar arquivo