Rio de Janeiro e Niterói adotam medidas mais restritivas

Objetivo é diminuir a circulação de pessoas na rua

Publicado em 23/03/2021 - 08:53 Por Fabiana Sampaio - Brasília

Em coletiva de imprensa conjunta, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o prefeito de Niterói, na região metropolitana, Axel Grael, anunciaram nessa segunda-feira (22), medidas mais duras para restringir a circulação de pessoas nos dois municípios. O objetivo é conter a curva de contágio do coronavírus e aliviar o impacto na rede pública de saúde.  

Apenas serviços essenciais vão poder funcionar entre os dias 26 de março, próxima sexta-feira, e 04 de abril. Comércio de rua, lojas de shoppings, aulas presenciais, salões de beleza terão o funcionamento suspenso. Restaurantes e bares podem funcionar para entrega ou retirada de produtos. 

Praias, parques e áreas de lazer só poderão ser acessados para atividades físicas individuais. Atividades culturais também estão suspensas. Igrejas e hotéis vão poder funcionar com limitações.

O município do Rio apresentou um aumento significativo nos números de internações da rede pública. Somente a fila de espera dessa segunda-feira registrava 670 pessoas aguardando por um leito especializado. 

O prefeito Eduardo Paes disse que os números são incontestáveis e lamentou que as medidas não tenham tido o apoio das demais autoridades da região metropolitana e do estado. 

O prefeito de Niterói, Axel  Grael, justificou porquê o início da maioria das  medidas só vai ocorrer a partir de sexta-feira, mesmo diante da gravidade dos números. 

Na coletiva de imprensa, o prefeito Eduardo Paes ainda afirmou que prefere chamar as medidas de preservação da vida e não de antecipação de feriado, como o governador em exercício Claudio Castro pretende determinar,  já que não se trata de uma situação para se comemorar ou planejar lazer. 

Nessa terça-feira (23) a Alerj, Assembleia Legislativa do Estado vai votar em regime de urgência a proposta do Governo estadual que prevê paralisação de 26 de março a 4 de abril, com a antecipação dos feriados de Tiradentes e São Jorge para os dias 29 e 30 de março. A proposta do executivo também estabelece como feriados os dias 26 e 31 de março e 1º de abril em todo o estado.


 


 

Últimas notícias
Economia

C6 Bank, BMG e BTG Pactual são os bancos com mais reclamações, diz BC

Segundo o Banco Central, cobranças indevidas no cartão de crédito, problema com segurança e sigilo dos dados dos clientes ocupam o topo da lista no quesito de reclamações.

Baixar arquivo
Política

AGU cobra informações sobre vacinação infantil no país

Cobrança surge após caso da vacinação inadequada contra a Covid-19 feita em crianças de Lucena, na Paraíba. Na cidade, crianças receberam doses vencidas e de dosagem para adultos.

Baixar arquivo
Saúde

Mais de 1 milhão de pessoas são portadoras de vitiligo no Brasil

A doença não é contagiosa e é caracterizada pela perda de pigmentação da pele que provoca áreas brancas. Autoestima dos portadores ainda esbarra no preconceito que existe na população.

Baixar arquivo
Segurança

Polícia Militar ocupa a comunidade do Jacarezinho no Rio de Janeiro

No dia seguinte ao início da Operação Cidade Integrada, 250 policiais militares seguem ocupando o local com o objetivo de reestruturar a segurança pública da área. Organizações criticam falta de transparência no programa.

Baixar arquivo
Economia

Consumidor que economizou 10% de energia terá desconto na conta de luz

O consumidor que economizou, pelo menos, 10% de energia elétrica nos últimos quatro meses de 2021 vai receber desconto na conta de luz de janeiro.

Baixar arquivo
Cultura

Rio de Janeiro celebra Dia de São Sebastião, padroeiro da cidade

Segundo historiadores, Sebastião foi um soldado romano, martirizados por sua fé em Jesus. Nas religiões de matriz africana, no Rio, ele é sincretizado no Orixá Oxóssi, senhor da caça e da fartura.

Baixar arquivo