São Paulo entra na fase vermelha neste sábado (6)

Apenas serviços essenciais podem abrir as portas

Publicado em 03/03/2021 - 19:32 Por Eliane Gonçalves - São Paulo

Com aumento de mortes por covid-19 e ocupação de leitos de UTI próxima ao limite, São Paulo retrocede e entra na fase vermelha a partir de sábado (6). A fase vermelha  é a mais restritiva do plano que orienta a quarentena no estado.

Com isso, a partir da zero hora de sábado, apenas serviços essenciais podem abrir as portas. A restrição vai durar duas semanas, até o dia 19 de março.

Entre os serviços autorizados a funcionar estão hospitais, farmácias, postos de combustível, oficinas mecânicas, padarias e supermercados.

Na avaliação do coordenador executivo do Centro de Contingência para o Coronavírus, João Gabbardo, não havia outra opção.

Nesta quarta-feira (3), o estado registrava 7.415 pessoas internadas por covid-19 - quase 20% a mais que em junho do ano passado, até então o pior momento da pandemia. Mais de 75% dos leitos de terapia intensiva estão ocupados. Na terça, São Paulo bateu o recorde de mortes em um único dia desde março do ano passado - 468 pessoas morreram.

Apesar de ser consenso dentro do governo paulista de que a situação agora é mais grave que a de meados do ano passado, desta vez as escolas públicas e privadas vão continuar funcionando.

O secretário de Educação, Rossieli Soares, disse que as escolas precisam estar abertas para atender estudantes que não conseguem fazer aulas à distância.

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) tem monitorado os casos de covid-19 nos estabelecimentos de ensino.

Desde que as atividades presenciais foram retomadas, já foram registrados 1.780 casos da doença entre professores, funcionários e estudantes. O número inclui também familiares que foram infectados por estarem em contato com profissionais que contraíram o vírus durante o trabalho.

Além das escolas, templos religiosos também vão poder abrir as portas na fase vermelha.

O toque de recolher que proíbe a circulação continua em vigor mas foi ampliado. Agora começa às 8h e vai até as 5h.

 

Últimas notícias
Cultura

Dia Nacional do Livro Infantil: Entrevista com Marcelo Moutinho

O livro nos conduz a novos universos, estimula a imaginação e a criatividade. E para aqueles que se dedicam à  literatura infantil, foi criado o Dia Nacional do Livro Infantil, comemorado em 18 de abril.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Reforma Agrária: a mãe das reformas de base

O Podcast Golpe de 64: Perdas e Danos lança o terceiro episódio da primeira temporada batizada de "Futuro Interrompido". A série que resgata as Reformas Estruturais de Base, propostas pelo ex-presidente João Goulart,  no histórico comício dos 200 mil, na Central do Brasil, no Rio de Janeiro em 13 de março de 1964.

Baixar arquivo
Política

Especialistas alertam para riscos da PEC que criminaliza drogas

A PEC aprovada no Senado ainda precisa ser analisada pela Câmara dos Deputados. Por enquanto, não há previsão para votação.

Baixar arquivo
Política

Senado aprova ampliação da faixa de isenção do imposto de renda

A proposta revisa para R$ 2.824,00 o limite de renda mensal que não precisa pagar Imposto de Renda. Esse valor também corrige as demais faixas, já que existe uma progressividade da tabela.

Baixar arquivo
Justiça

Traje religioso em documentos oficiais é constitucional, diz STF

Os ministros  do STF julgaram um recurso da União contra a decisão da Justiça Federal que autorizou o uso de traje religioso na foto para a Carteira Nacional de Habilitação.

Baixar arquivo
Geral

Comissão de juristas entrega proposta de novo Código Civil a Pacheco

O projeto propõe a alteração de mais de mil artigos do atual código e contempla temas atuais, como o direito digital. Proposta passará por ampla discussão entre os senadores para, só então, ser colocada em votação.

Baixar arquivo