Vacina covid-19: Saúde inclui pessoas com HIV entre as prioridades

Publicado em 30/03/2021 - 21:54 Por Victor Ribeiro, Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O Ministério da Saúde incluiu as pessoas que vivem com o vírus HIV, entre os adultos de 18 a 59 anos com comorbidades, que serão vacinados contra a covid-19 nas próximas etapas do Programa Nacional de Imunizações. Atualmente, a maior parte do país está na 12ª fase, com a faixa etária de vacinação começando de 65 a 69 anos. A próxima é de 60 a 64 anos. E, em seguida, vêm os adultos com comorbidades.

O presidente da ONG Amigos da Vida, Cristiano Ramos, que atua na proteção de pessoas com HIV, avaliou que essa inclusão é um avanço importante.

De acordo com o Ministério da Saúde, a medida tem como objetivo proteger e evitar casos graves de covid-19 nos grupos mais vulneráveis e que correm mais riscos de hospitalização e morte. A Pasta também lembra que as pessoas que vivem com HIV e têm 60 anos ou mais serão vacinadas junto com os grupos dessa faixa etária.

A orientação da nota técnica já está em vigor e será publicada em abril, na sexta edição do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra covid-19. A mudança incluiu entre as pessoas com comorbidades todos os adultos que vivem com HIV, inclusive aqueles com carga viral indetectável.

Edição: Beatriz Arcoverde/ Raquel Mariano

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Meio Ambiente

Aquecimento global pode gerar aumento de mortes por estresse térmico

Estudo inédito da Fiocruz mostra que é prejudicial para o corpo humano quando há um aumento duradouro de temperatura durante um tempo determinado, como durante ondas de calor. 

Baixar arquivo
Educação

Direito da UFRJ indica Nei Lopes para o título de doutor honoris causa

A concessão do título ao jurista negro havia sido rejeitada na primeira sessão da Congregação da Faculdade de Direito, responsável por avaliar as indicações.

Baixar arquivo
Economia

Guedes se reune para destravar reformas tributárias no Congresso

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fez reuniões, nesta quarta-feira, para tentar destravar as reformas tributárias que tramitam no Congresso Nacional. O assunto está entre as prioridades da equipe econômica.

Baixar arquivo
Saúde

Estudo aponta que 2ª dose da AstraZeneca não aumenta risco de trombose

A segunda dose da vacina da AstraZeneca não aumenta a chance de ter a forma rara de trombose identificada em alguns pacientes. O estudo foi feito pela própria AstraZeneca e publicado nessa quarta-feira, pela conceituada revista científica The Lancet.

Baixar arquivo
Saúde

Em rede nacional, Queiroga afirma que 100 milhões já tomaram a 1ª dose

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, também reforçou para que todos que estejam atrasados em tomar a 2ª dose das vacinas que procurem imediatamente um posto de saúde.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Programa Sinal Vermelho contribui no combate a violência doméstica

A partir de agora, as vítimas de violência doméstica vão poder ir até uma repartição pública ou privada participante do programa Sinal Vermelho e mostrar um "X"  em vermelho na palma da mão, de forma silenciosa. Os funcionários da instituição vão encaminhar a vítima ao atendimento especializado.

Baixar arquivo