4 estados e o DF iniciam vacinação de agentes de segurança pública

Minas Gerais promete começar nova etapa nesta terça-feira

Publicado em 05/04/2021 - 20:09 Por Eliane Gonçalves - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

Pelo menos quatro estados e o Distrito Federal começaram a vacinar profissionais de segurança pública nessa segunda-feira (5).

Em São Paulo, a promessa do governo do estado é vacinar todos os profissionais na ativa. Ao todo são 180 mil policiais civis, militares e técnicos-científicos, agentes penitenciários, bombeiros e guardas civis metropolitanos.

No Distrito Federal a vacinação também começou nessa segunda. Foram destinadas pouco mais de 2,2 mil doses de vacina para a categoria. O quantitativo cobre pouco mais de um quinto do efetivo de policiais militares da capital do país. Mas a cobertura é ainda menor, já que também entram na lista de vacinação, os policiais civis, funcionários do Detran, Corpo de Bombeiros, policiais penais e policiais rodoviários federais.

No Amapá, os profissionais de segurança da capital, Macapá, também começaram a ser vacinados, mas são apenas 360 doses destinadas às forças de segurança que serão divididas entre sete categorias de profissionais de segurança, incluindo 4 doses para a polícia rodoviária federal e duas doses para agentes da Abin.

No Maranhão, a vacinação dos agentes de segurança está restrita a duas cidades: a capital São Luís e a cidade de Imperatriz. Vão ser vacinados apenas profissionais da ativa com 50 anos ou mais. Além da polícia militar, civil e bombeiros, também entram na lista integrantes das forças armadas.

No Piauí, a vacinação dos profissionais de segurança começou a ser feita nas cidades de Teresina, Picos e Corrente.

A vacinação dos profissionais de segurança pública ganhou impulso com a decisão do PNI, o Programa Nacional de Imunização, de antecipar a vacinação dos agentes de segurança. A decisão foi tomada no dia 31 de março e atendeu a pedido feito no começo de março pelo Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública.

Mas esses não são os primeiros estados a fazer a vacinação dos profissionais de segurança. No Pará, eles começaram a ser vacinados desde o dia 22 de março. A vacinação também já tinha começado em pelo menos outros seis estados: Amazonas, Bahia, Ceará, Rondônia, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, segundo as secretarias de saúde de cada unidade da federação.

O governo de Minas Gerais prometeu iniciar a vacinação dos profissionais de segurança nesta terça-feira.

Edição: Roberto Piza/ Sumaia Villela

Últimas notícias
Educação

Piso salarial dos professores aumenta 33% e passa para R$ 3.845

O piso salarial dos professores da rede pública vai passar de R$ 2.886 para R$ 3.845, um aumento de 33,24%. Esse é o valor mínimo que o profissional deve receber no país.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Mais de 1.600 pessoas foram resgatadas de trabalho escravo em 2021

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira (27), o Ministério Público do Trabalho informou que recebeu 1.415 denúncias de trabalho escravo, aliciamento e tráfico de trabalhadores no ano passado, número 70% maior que em 2020.  

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Rio de Janeiro registra 40ºC nesta quinta-feira (27)

Para os próximos dias a previsão é que as temperaturas fiquem um pouco mais amenas devido a chegada de uma frente fria, nesta sexta-feira (28).

Baixar arquivo
Esportes

Campeão paulista, São Paulo inicia defesa de título contra Guarani

Tricolor deve promover as estreias de boa parte dos reforços de 2022

 

Baixar arquivo
Saúde

Covid: 13% do esperado para faixa de 5 a 11 anos foi vacinada no Rio

Até esta quinta-feira (27), pouco mais de 72 mil crianças entre 5 e 11 anos foram vacinadas contra a covid, bem abaixo da expectativa da prefeitura em alcançar pelo menos 90% de imunização. Os dados são do Painel Rio Covid-19.

Baixar arquivo