Covid: novo carregamento com o IFA da vacina Oxford deve chegar sábado

Publicado em 22/04/2021 - 19:41 Por Tâmara Freire - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Um novo carregamento de ingrediente farmacêutico ativo para a produção de vacinas da Oxford/Astrazeneca deve chegar da China neste sábado, dia 24. A quantidade será suficiente para que o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, Bio-Manguinhos da Fiocruz produza nove milhões de doses da vacina contra a covid-19, que devem ser incorporadas ao Programa Nacional de Imunizações, a partir de meados de maio 

Mas antes disso, a Fundação vai liberar uma remessa de 5 milhões para distribuição aos estados e municípios, já nesta sexta-feira, e mais 6,7 milhões na semana que vem. Bio-Manguinhos também tem IFA em estoque para produzir outras 7 milhões de doses. E para dar conta da demanda, o instituto deve aumentar sua capacidade de produção para um milhão de vacinas por dia, na próxima semana.

O diretor de Bio-Manguinhos, Maurício Zuma, ainda anunciou adaptações para elevar ainda mais esses números em junho, com a ampliação da média de produção de lotes das vacinas com a implantação de uma nova linha de envasamento dos imunizantes.

Por enquanto, toda a produção está sendo feita a partir do IFA importado, e a Fiocruz deve fechar o mês de abril com 19,8 milhões de doses liberadas. Estão previstas outras 21,5 milhões para maio e um total de 56,3 milhões entre junho e julho. Já no segundo semestre, após a assinatura do contrato de transferência de tecnologia, a Fiocruz poderá produzir o IFA em solo nacional.

A remessa que chega neste fim de semana é a oitava das 14 negociadas com a Astrazeneca. A próxima deve ser enviada no dia 29 de abril e há previsões ainda de outras quatro entregas ao longo do mês de maio . Já o último envio deve ser feito no dia 2 de junho e, com este lote, será possível distribuir vacinas prontas até o mês de julho.

Mas o diretor de Bio-Manguinhos, Maurício Zuma, afirmou nesta quinta -feira que a Fiocruz está negociando novas remessas do ingrediente , para evitar um hiato na entrega de vacinas em agosto e setembro, já que a produção 100% nacional deve se efetivar apenas em outubro.

A vacina Oxford/AstraZeneca tem eficácia de 76% 20 dias após a primeira dose. Com a segunda aplicação, o percentual sobe para 82%. Além disso, o intervalo entre uma e outra é de 12 semanas, o que pode cobrir esse hiato. Outra alternativa para evitar o desabastecimento neste período é a chegada de 8 milhões de doses prontas, que o Instituto indiano Serum deve ao Brasil. Mas, por enquanto, não pode entregar por causa do agravamento da pandemia naquele país. Há também cerca de 40 milhões de doses que estão contratadas para chegar ao Brasil pelo consórcio Covax Facility.

Edição: Vitória Elizabeth/ Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Operação Lótus combate exploração sexual de crianças em 18 estados

No Dia Nacional de Combate a Abusos e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, nesta terça-feira, 18 de maio, a Polícia Civil do estado do Rio de Janeiro cumpre mandados de busca e apreensão contra uma rede de pedofilia.

Baixar arquivo
Saúde

Amapá registra morte de duas crianças por sarampo

Casos fatais da doença não eram registrados no estado há pelo menos duas décadas, de acordo com a Superintendência de Vigilância em Saúde do Amapá. O estado vive um surto de sarampo, com 320 casos confirmados só neste mês

Baixar arquivo
Esportes

Novorizontino vence Ituano e vai para a final do Troféu do Interior

O Novorizontino goleou o Ituano por 4 a 0 e vai para a final do Troféu do Interior do Campeonato Paulista com a Ponte Preta. Os detalhes dos campeonatos estaduais com Bruno Mendes.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz espera entregar 30 milhões de doses de vacina até junho

A instituição, que produz a vacina Oxford/AstraZeneca, já conta com 18 milhões de doses em processo de controle de qualidade. O restante será produzido após a chegada de insumos vindos da China, o que deve acontecer na próxima semana

Baixar arquivo
Saúde

Ministério distribui 6,4 milhões de doses de vacinas contra covid

Só nesta semana, o Ministério da Saúde enviará aos estados 4,7 milhões de doses da vacina Oxford/Astrazeneca, produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz, um milhão de doses da Coronavac, do Instituto Butantan e 647 mil doses da Pfizer/Biontech.

Baixar arquivo
Geral

Pesquisa vai mostrar como é feito descarte de EPI na pandemia

Uma pesquisa online lançada pelo Projeto Coral Vivo vai verificar como os brasileiros estão descartando equipamentos de proteção individual contra a covid-19, como máscaras, luvas e toucas.

Baixar arquivo