Prefeitura do Rio vai flexibilizar medidas restritivas contra covid-19

Principais mudanças passam a valer neste sábado (24)

Publicado em 23/04/2021 - 12:40 Por Raquel Júnia - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio de Janeiro vai avançar mais na flexibilização das medidas restritivas contra a covid-19. As mudanças principais, que passam a valer neste sábado (24), se referem ao funcionamento das atividades não essenciais, como bares, restaurantes, cinemas e teatros, que agora poderão ficar abertos até as 22h. No caso dos bares e restaurantes haverá mais uma hora de tolerância para o fechamento.

A regra sobre a permanência nas praias, parques e cachoeiras também muda, com a permissão de uso desses espaços nos dias úteis e liberação da tradicional área de lazer do Aterro do Flamengo, na zona sul da cidade.

A prefeitura suspendeu ainda o escalonamento de horários de início de funcionamento para as diferentes atividades econômicas e permitiu o retorno das feiras livres de artes. As novas regras foram publicadas no Diário Oficial desta sexta-feira (23) e valem até o dia 3 de maio.

Nos finais de semana, no entanto, continuam valendo as mesmas restrições anteriores para as praias e parques, sem comércio ambulante e liberação apenas para atividades físicas individuais ou em pequenos grupos, com a proibição de permanência nas areias.

Também continua a restrição de permanência nas vias públicas, entre 23h e 5h, em todo o Rio, assim como o funcionamento das boates, casas de shows, festas públicas e particulares.

Durante a divulgação do 16º Boletim Epidemiológico da cidade nesta sexta-feira, o secretário municipal de Fazenda, Pedro Paulo, afirmou que diante da melhoria dos dados, a prefeitura se sentiu segura para tomar as decisões.

O secretário de Saúde, Daniel Soranz, alertou, no entanto, que a prefeitura poderá endurecer a qualquer sinal de aglomeração e desrespeito.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os dados epidemiológicos mostram uma tendência de queda da transmissão do coronavírus, com redução no número de casos confirmados nas últimas três semanas, mas ainda tendência de alta no número de mortes.

A cidade registra, desde o início da pandemia, 22.923 óbitos e 54.154 casos confirmados.

Edição: Paula de Castro/ Renata Batista

Últimas notícias
Geral

Companhias aéreas voltam a oferecer serviço de bordo

A liberação do serviço de bordo foi possível após decisão tomada pela Anvisa no último dia 12

Baixar arquivo
Economia

Paulo Guedes participa do Fórum Econômico Mundial, em Davos

Pela primeira vez, desde o início da pandemia de Covid-19, o Fórum Econômico Mundial faz a reunião presencialmente

Baixar arquivo
Geral

Prefeitura do Rio faz acordo com empresas de ônibus e mantém tarifa

Em reunião realizada na última sexta-feira, ficou acordado que a prefeitura vai assumir a bilhetagem e pagar um subsídio às empresas com base na quilometragem rodada, e não mais com base no número de passageiros transportados

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Pessoas aptas para adoção são 8 vezes mais do que crianças disponíveis

Mas, série de exigências desses país mantém 4.104 crianças e adolescentes no país sem uma nova família

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: estado de emergência termina oficialmente neste domingo

A situação de emergência começou em fevereiro de 2020, antes que o surto de covid se transformasse em pandemia

Baixar arquivo
Saúde

Brasileiro diagnosticado com varíola dos macacos está em isolamento

O paciente tem 26 anos. Saiu de Portugal, passou pela Espanha e entrou na Alemanha

Baixar arquivo