Anvisa recomenda suspensão do uso da vacina AstraZeneca em grávidas

Publicado em 11/05/2021 - 15:21 Por Leandro Martins, Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O uso da vacina AstraZeneca em mulheres grávidas já está suspenso totalmente em 14 estados. Eles seguem a recomendação da Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, baseada no monitoramento de efeitos colaterais feito sobre todas as vacinas contra a covid-19 em uso no país.

Em São Paulo, a suspensão da Astrazeneca não afeta a vacinação das mães de recém-nascidos, que tenham comorbidades. No entanto, o secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, advertiu que o Estado não tem doses suficientes da CoronaVac e Pfizer, os outros dois imunizantes aplicados no país, para conseguir vacinar parte das grávidas nesta fase da imunização.

Já no Rio de Janeiro, além das grávidas, a suspensão também foi estendida às mulheres que tiveram filho há pouco tempo.

Em Pernambuco, as grávidas só serão imunizadas com a vacina da Pfizer, segundo o governo estadual. A mesma decisão foi tomada pela secretaria de saúde de Mato Grosso do Sul.

Além desses estados, também seguem a orientação da Anvisa a Bahia, o Espírito Santo, o Maranhão, a Paraíba, o Piauí, o Rio Grande do Sul, o Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Tocantins e o Distrito Federal.

Lembrando que a vacina da Pfizer, liberada para as grávidas, só está sendo aplicada nas capitais. Para mais informações, as grávidas devem procurar na secretaria de saúde de sua cidade ou estado.

Edição: Sâmia Mendes/ Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Justiça

STJ aprova que preso em local degradante terá redução de pena

Uma decisão inédita do Superior Tribunal de Justiça considerou que seja contado em dobro todo o período que uma pessoa esteve presa em local degradante. A decisão é um importante precedente e pode ser aplicada para outras situações semelhantes.

Baixar arquivo
Política

CPI da Pandemia lista 14 pessoas que passam a ser investigadas

Relator da CPI da Pandemia do Senado, Renan Calheiros, divulgou uma lista com 14 pessoas que, inicialmente eram testemunhas, e agora passam a ser investigadas. Entre elas, estão o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Baixar arquivo
Segurança

Quatro pessoas foram mortas em operação contra facção criminosa

Quatro pessoas foram mortas nesta sexta-feira, incluindo um adolescente de 16 anos, em uma operação contra uma facção criminosa coordenada pela polícia civil do Rio de Janeiro em conjunto com as polícias civis do Pará e do Amazonas e ainda com apoio da Polícia Militar do Rio.  

Baixar arquivo
Esportes

Série D tem clássico potiguar e duelo paulista na tela da TV Brasil

O fim de semana de Série D na TV Brasil começa às 15h (horário de Brasília) deste sábado (19), com o duelo paulista entre Portuguesa e Santo André. No domingo, às 16h, tem Clássico Rei potiguar pelo Grupo 3: América de Natal e ABC, no estádio das Dunas.

Baixar arquivo
Economia

Procon-SP quer saber detalhes sobre a segurança dos celulares

Com o aumento de roubos de celulares para o acesso a aplicativos bancários, o Procon de São Paulo notificou empresas de telefonia como Samsung, Apple e Motorola, além de instituições financeiras e bancos para saber o grau de vulnerabilidade dos aparelhos.

Baixar arquivo
Geral

Bolsonaro participa da entrega de títulos rurais no Pará

A 500 quilômetros de Belém, capital do Pará, o presidente Jair Bolsonaro participou da entrega de títulos rurais, na cidade de Marabá, nesta sexta-feira (18).

Baixar arquivo