Covid-19: confira como estão as medidas restritivas em alguns estados

Publicado em 09/05/2021 - 09:43 Por Maíra Heinen - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Com números ainda muito altos, a pandemia segue no país com muitas restrições em alguns estados, e em outros, com algumas flexibilizações, pelo menos até o início desta semana.

Na Bahia, por exemplo, o governo decidiu prorrogar a restrição da locomoção noturna de pessoas entre 21h e 5h, até o dia 10 de maio. A realização de shows e festas também continua proibida.

O Maranhão, no entanto, já começou a liberar algumas atividades. Anunciadas nessa sexta-feira (7), novas medidas liberam, a partir de segunda-feira (10), eventos com até 50 pessoas. Estão autorizados, a partir de 15 de maio, apresentações de música ao vivo e, a partir do dia 17, eventos com até 100 pessoas. Já a ocupação de 50% da capacidade nas igrejas e na administração pública estadual continua valendo até o dia 24 de maio.

No Ceará, o governo decidiu manter medidas de combate à pandemia, pelo menos até o dia 16 de maio. A flexibilização das atividades não essenciais no Ceará continua em ritmo mais lento, com liberação parcial do comércio de rua e de shoppings, tanto durante a semana quanto no fim de semana.

Em Boa Vista, Roraima, a prefeitura fez uma atualização do decreto municipal com a proibição de vendas de bebidas alcoólicas no sistema delivery da meia-noite às 5h. No entanto, a prefeitura ampliou o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, que passa a ser das 5h até meia-noite.

Em São Paulo houve nova prorrogação da fase de transição do Plano São Paulo para todo o estado por mais duas semanas, até o próximo dia 23. O estado continua registrando redução gradual nos indicadores de casos, internações e mortes por covid-19. A partir desses dados, o governo resolveu estender por mais uma hora o expediente de atendimento presencial, e com limitação de 30% de capacidade em comércios e serviços não essenciais.

Em Minas Gerais, o pedido foi para que, neste domingo de Dia das Mães (9), a população evite aglomerações e proteja os entes queridos. O secretário estadual da Saúde, o médico Fábio Baccheretti, pediu, em coletiva nessa sexta-feira (7), que a população não aglomere e mantenha todos os cuidados no Dia das Mães, evitando um novo pico da doença.

Edição: Raquel Mariano/Naitê Almeida

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Segurança

Homícidios dolosos no Rio caem 9% em 2021

Os homicídios dolosos no estado do Rio de Janeiro caíram 9% nos cinco primeiros meses deste ano, na comparação com igual período de 2020. Foram 1.495 mortes, o menor valor para o período desde 1991, quando teve início a série histórica do Instituto de Segurança Pública.

Baixar arquivo
Saúde

Vacina contra covid:trabalhador de transporte coletivo terá prioridade

Trabalhadores do transporte coletivo foram incluídos no grupo prioritário para receber a vacina contra o novo coronavírus.

Baixar arquivo
Economia

Exigência de vacina para emprego é discriminação, diz MPT

Um anúncio publicado em um site de ofertas de emprego gerou questionamentos após a vaga exigir como requisito para contratação que o candidato fosse imunizado contra a Covid 19 com a vacina da farmacêutica Pfizer. 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Governo institui Política Nacional de Promoção da Equidade em Saúde

Nesta quarta-feira (23) foi assinada a portaria que institui a Política Nacional de Promoção da Equidade em Saúde, e outras iniciativas para a promoção da igualdade racial.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Novos testes de covid podem acelerar testagem em massa no Brasil

Pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, desenvolveram dois novos métodos para identificar casos de covid-19, com potencial para acelerar a testagem em massa no país.

Baixar arquivo
Saúde

Secretário de Saúde do Rio pede para que população tome a segunda dose

O secretário de estado de Saúde do Rio de Janeiro, Alexandre Chieppe, voltou a falar sobre a importância de a população tomar a segunda dose da vacina contra Covid, a única forma de garantir a eficácia da imunização. Ele fez um apelo a todos aqueles que ainda não retornaram aos postos para completar a vacinação.

Baixar arquivo