Movimento em SP volta a crescer com flexibilização da quarentena

Publicado em 10/05/2021 - 19:35 Por Eliane Gonçalves - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

Movimento nas ruas de São Paulo volta a crescer com flexibilização da quarentena. No primeiro dia útil com as novas regras que flexibilizaram a quarentena no estado de São Paulo, a capital paulista registrou picos de congestionamento e transporte público lotado.

O movimento foi intenso nas estações de trem e metrô da cidade nessa segunda-feira. O técnico de manutenção Admilson Souza de Jesus precisa pegar trem, metrô e ônibus para ir de casa ao trabalho e notou a diferença.

Quem circula de carro também já percebe o trânsito mais pesado. Segundo a CET, a Companhia de Engenharia de Tráfego, a cidade voltou a registrar congestionamentos. Nessa segunda-feira foram 30 quilômetros de engarrafamentos. No mesmo período, no ano passado, não chegou a dois quilômetros.

Na sexta-feira, o governo do estado prorrogou a fase de transição por mais duas semanas, mas a medida veio acompanhada com a permissão de ampliar em uma hora o horário de funcionamento do comércio e serviços. Agora, podem funcionar entre 6h e 21h. Antes o limite era até 20h.

A medida também permitiu ampliar o número de pessoas atendidas, de 25 para 30% da capacidade do estabelecimento.

Alguns comerciantes ainda tentam estender um pouco mais o horário de funcionamento, como Claudia di Silverio, que administra uma padaria na favela de Paraisópolis. E como correr o risco não tem aumentado o faturamento, ela decidiu que vai voltar a seguir a regra do toque de recolher.

Nessa segunda-feira também entrou em vigor na capital paulista o novo horário de rodízio de veículos. Agora a restrição à circulação de veículos começa a vale a partir das 21h e termina às 5h, acompanhando as novas regras do governo do estado.

A fase de transição foi criada no dia 18 de abril, quando o governo decidiu sair da fase vermelha, a mais restritiva, mas sem avançar para a fase laranja. Mas, na prática, a fase de transição é bem mais flexível que a fase laranja implantada no ano passado, na primeira onda da pandemia.

Quando as primeiras cidades começaram a entrar na fase laranja, em 15 de junho do ano passado, shoppings e comércio de rua podiam funcionar por apenas quatro horas por dia e limitados a 20% da capacidade. Restaurantes, salões de beleza e academias permaneciam fechados.

Edição: Raquel Mariano/ Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Atlético-MG recebe São Paulo neste domingo no Mineirão

Atlético-MG e São Paulo precisam concentrar forças para o Campeonato Brasileiro. Galo e Tricolor passaram por dificuldades nas duas primeiras rodadas e perderam pontos que podem ser preciosos no fim da competição.

Baixar arquivo
Geral

Ministério de Direitos Humanos lança campanha contra trabalho infantil

12 de junho é o Dia Internacional e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. No Brasil, é ilegal qualquer tipo de trabalho realizado por crianças ou adolescentes com menos de 16 anos, independentemente da finalidade ou remuneração.

Baixar arquivo
Geral

Criminoso mais procurado do Rio é morto em ação da Polícia Civil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro capturou neste sábado (12) Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, chefe da maior milícia em atividade do

Baixar arquivo
Esportes

Seleção venezuelana confirma 12 casos positivos para covid-19

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que foi notificada pela Confederação Sul-americana de Futebol, a Conmebol, nessa sexta-feira (12), de que 12 integrantes da seleção venezuelana de futebol, entre

Baixar arquivo
Geral

Queiroga diz que todos os brasileiros devem ser vacinados este ano

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assegurou neste sábado (12), que todos os brasileiros com mais de 18 anos deverão estar vacinados contra a covid-19 até o final deste ano.

Baixar arquivo
Geral

Cristo Redentor é iluminado de vermelho contra trabalho infantil

O monumento ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, vai ser iluminado com a cor vermelha a partir das 18 horas deste sábado (12).

Baixar arquivo