Covid-19: Pesquisa aponta que vacinação evitou 40 mil mortes de idosos

Publicado em 21/06/2021 - 21:01 Por Gésio Passos, Repórter da Rádio Nacional com colaboração de Larissa Lousrhania - Brasília

Pesquisa aponta que este ano vacinação já evitou mais de 40 mil mortes de idosos pela covid-19 no Brasil. Os cálculos,indicam que se não fosse a campanha de vacinação, a tendência era que em 2021, nos seis primeiros meses, o número de mortes de idosos com mais 70 anos ultrapassaria os 90 mil. Mas foram registrados 40 mil óbitos a menos.

O estudo foi desenvolvido pelo Centro de Pesquisas Epidemiológicas da Universidade Federal de Pelotas, em parceria com a Universidade Harvard e o Ministério da Saúde.

Os pesquisadores avaliaram que o aumento da vacinação contra a covid -19 entre idosos acompanhou a redução do número de mortes. Enquanto em janeiro o número mortes de idosos por covid foi de 28% das ocorrências, em maio esse número caiu para 12%.

Um dos pesquisadores envolvidos, Cesar Victora,  professor de epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas, explica que nesse mesmo período as de mortes por outras causas permaneceu estável em 30%.

Uma outra pesquisa realizada em Alagoas também indica a queda das mortes e internações por covid-19 de pessoas acima de 60 anos após a vacinação. O superintendente de Vigilância em Saúde do Estado, Herbert Charles Barro, diz que houve um impacto positivo no sistema de saúde.

A pesquisa em Alagoas indica que enquanto houve uma queda na taxa de mortalidade de idosos, foi registrado um grande aumento nas faixas etárias menores. Na última semana, dos 18 mortos pela covid no estado, seis eram pessoas abaixo de 60 anos, sendo que desses, cinco não tinham comorbidades.

Edição: Roberto Piza/ Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Educação bilíngue de surdos é inserida na LDB da educação nacional

A educação bilíngue é aquela em que a Língua Brasileira de Sinais é considerada a primeira língua, e o português escrito como segunda língua.

Baixar arquivo
Geral

#AprenderParaPrevenir quer alertar sobre riscos de desastres naturais

Com o tema #AprenderParaPrevenir foi lançada, nessa terça-feira, a campanha nacional para conscientizar a população de que é possível reduzir o risco de determinados desastres naturais, como, por exemplo, incêndios florestais.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Anvisa autoriza teste do medicamento Leronlimabe

A Anvisa autorizou, nesta segunda-feira, o estudo clínico para avaliar a segurança e a eficácia do medicamento Leronlimabe. A ideia é usar a droga para tratar pacientes com covid-19 e que tenham desenvolvido quadros moderados de pneumonia.

Baixar arquivo
Segurança

Ministério da Justiça prorroga intervenção penitenciária em Roraima

O Ministério da Justiça e da Segurança Pública prorrogou, nesta terça-feira, o emprego da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária no estado de Roraima. Esta é a 12º vez que a operação é prorrogada.

Baixar arquivo
Geral

Quadrilha forja acidentes com carros de luxo para ganhar indenizações

Justiça do DF pediu a prisão de oito pessoas, entre empresários e um médico, que ganhavam dinheiro dos seguros planejando acidentes com veículos importados

Baixar arquivo
Política

CPI: reverendo intermediou futura compra de 400 milhões de vacinas

Fundador da ONG Secretaria Nacional de Assuntos Religiosos, Amilton de Paula afirmou aos senadores que sua atuação se limitou a indicar para o Ministério da Saúde alguém que teria imunizantes para vender.

Baixar arquivo