BNDES vai dobrar recursos destinados a ações contra covid

Programa Salvando Vidas recebeu 1,7 mil doações na primeira etapa

Publicado em 20/07/2021 - 12:43 Por Solimar Luz - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro
Atualizado em 20/07/2021 - 14:50

Em nova etapa do programa Salvando Vidas, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pretende mobilizar mais R$ 100 milhões em doações para apoio à linha de frente de combate à pandemia do coronavírus. Em sua primeira fase, foram liberados cerca de R$ 110 milhões para a compra de insumos e equipamentos destinados às ações de enfrentamento da pandemia de covid-19 no Brasil.

Lançado em abril de 2020, o Salvando Vidas tornou-se o maior matchfunding do país, e já recebeu mais de 1,7 mil doações, o que resultou em benefício para 779 instituições de saúde de cerca de 600 municípios brasileiros. A iniciativa coordenada pelo BNDES capta recursos de entidades públicas e privadas acrescentando, a cada real doado, mais um real do Banco.  

Nesta nova fase, o objetivo é que a campanha direcione recursos também para a aquisição de insumos necessários ao tratamento de pacientes que precisam de cuidados por conta de sequelas da doença, os efeitos da chamada covid longa.

Durante a live de lançamento da segunda etapa, o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, afirmou que o programa é um exemplo do potencial de transformar e criar valor para a sociedade, através de parceria entre os setores público e privado, e a sociedade. Montezano destacou a importância do Salvando Vidas no combate ao coronavírus.

O projeto também tem direcionado esforços para a aquisição de cilindros e usinas de oxigênio, fundamental no tratamento dos casos graves da covid. Até o momento, foram entregues 130 cilindros de oxigênio e dez respiradores para hospitais públicos da Região Amazônica e instalada uma usina de oxigênio em Roraima. Outras 14 usinas já estão contratadas, destinadas a diferentes regiões do país.

Edição: Vitória Elizabeth/ Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Confira os resultado de segunda-feira (27) no futebol

Na Série B, do Campeonato Brasileiro, o Vasco venceu o Goiás por 2 a 0. Na classificação, o time cruzmaltino subiu para a sétima colocação com 40 pontos.

Baixar arquivo
Política

Veto que permitia despejos na pandemia é derrubado pelo Congresso

Estão proibidos os despejos até 31 de dezembro deste ano. A proibição veio com a derrubada do veto presidencial nesta segunda-feira pelos deputados e senadores.

Baixar arquivo
Economia

Participação da Petrobras no preço da gasolina é de cerca de R$ 2

Empresa é responsável por 34% do valor final do preço da gasolina; já no litro do diesel, a parcela da estatal é de R$ 2,49, equivalente a 52%. No botijão de 13kg do gás de cozinha, a participação fica em R$ 46,90, correspondente a 48% do preço.

Baixar arquivo
Economia

Pedro Guimarães dá detalhes sobre linha de crédito Caixa Tem

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, foi o entrevistado dessa segunda-feira do programa “A Voz do Brasil”

Baixar arquivo
Política

Câmara aprova projeto que abre caminho para Auxílio Brasil

A reforma no IR já foi aprovada pela Câmara dos Deputados. Mas ainda precisa passar pelo Senado.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Há 150 anos, Lei do Ventre Livre era assinada

O texto foi assinado pela princesa Isabel em 28 de setembro de 1871. Até a nova lei, qualquer descendente nascido de uma mulher em regime de escravidão já nascia escravo. 

Baixar arquivo