Estados que fazem fronteira com outros países receberão doses extras

Publicado em 20/07/2021 - 21:35 Por Victor Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, esteve nesta terça-feira (20) em Foz do Iguaçu, no Paraná. Ele participou da vacinação na região da fronteira com Argentina e Paraguai. Desde a semana passada o ministério passou a enviar doses extras para a população fronteiriça no Paraná e em outros nove estados. O objetivo é imunizar mais de 500 mil pessoas.

Marcelo Queiroga afirmou que é uma estratégia para conter a chegada de novas variantes do coronavírus ao país.

Queiroga também ressaltou que o país já tem mais de 100 casos identificados da variante Delta. De acordo com ele, estão todos isolados, para evitar a propagação comunitária dessa forma do vírus que causa covid-19 e, ao que tudo indica, pode ser transmitido com mais intensidade.

Especificamente sobre a fronteira em Foz do Iguaçu, o ministro disse que a vacina está garantida até mesmo para os brasiguaios. São 98 mil brasileiros que vivem no Paraguai. Já para imunizar os paraguaios, Marcelo Queiroga disse que ainda é necessário aguardar a chegada de mais doses.

Body

Alternar para editor de texto

Mais informações sobre os formatos de texto

Formato de texto

Parceiros

Por *

Normalmente preenchido com o nome do repórter.

Edição

Tradução

Localização *

Editoria *

Imagem de Destaque

Solte um recurso da biblioteca de mídia Scald aqui

Formato de recurso permitido: Image

Mídia

 

Formato de recurso permitido: Audio

Operação

Remover

Duração *

Input format: h:mm:ss.

Tags *

Exibir pesos das linhas

Conteúdo Relacionado

 

 

 

Data de AtualizaçãoData

Ex: 20/07/2021

Hora

Ex: 22:05

Real-time SEO for Drupal

Focus keyword

Pick the main keyword or keyphrase that this post/page is about.

SEO: na

Snippet editor

Prévia da amostra

Estados que fazem fronteira com outros países receberão doses extras | [current-page:pager] Radioagência

https://agenciabrasil.ebc.com.br/ radioagencia-nacional/saude/audio/2021-07/estados-que-fazem-fronteira-com-outros-paises-receberao-doses-extras/

Objetivo é barrar entrada de variantes do novo coronavírus no Brasil.

Content analysis

Pontuação de SEO Ruim Nenhuma frase-chave em foco foi definida para esta página. Se você não definir uma frase-chave em foco, nenhuma pontuação poderá ser calculada.

Pontuação de SEO Ruim Nenhuma imagem aparece nesta página; adicione algumas conforme apropriado.

Pontuação de SEO OK O texto contém 238 palavras. Isso está abaixo do mínimo recomendado de 300 palavras. Adicione mais conteúdo útil neste tópico para os leitores.

Pontuação de SEO OK A URL alternativa desta página é um pouco longa, considere encurtá-la.

Pontuação de SEO OK A meta descrição está abaixo de 120 caracteres, no entanto, há 156 caracteres disponíveis.

Pontuação de SEO OK Nenhum link aparece nesta página, considere adicionar alguns conforme apropriado.

Pontuação de SEO OK O título da página contém 104 caracteres, que é mais do que o limite visível de 65 caracteres; algumas palavras não serão visíveis para os usuários em sua listagem.

Pontuação de SEO OK Nenhuma tag de subtítulo (como um H2) aparece no texto.

Vertical Tabs

Configurações de endereçoEndereço automático(aba ativa)

Meta tagsTítulo da página: Estados que fazem frontei...
Descrição: <p>Objetivo é barrar entr...

Opções de agendamentoNão agendado

Opções de publicaçãoPublicado

Configurações de endereço Gerar automaticamente as URLs alternativas

Desmarque essa opção para criar um alias personalizado abaixo.

URL alternativa

Opcionalmente especifique uma URL alternativa pela qual este conteúdo pode ser acessado. Por exemplo, digite "sobre" se estiver criando uma página "Sobre". Use um caminho relativo e não adicione uma barra no final ou a URL alternativa não irá funcionar.

buscar

Ordenar: Criação Decrescente

arquivo

áudio

vídeo

galeria

Título

Legenda

Apesar da preocupação com as variantes, Queiroga foi enfático ao defender a volta das aulas presenciais, desde que sejam cumpridos os protocolos sanitários.

O ministro afirmou que a câmara técnica do Programa Nacional de Imunizações avalia a ampliação da vacinação para adolescentes. Inicialmente, são analisados os casos dos menores de idade que têm doenças pré-existentes e, por isso, são mais vulneráveis a desenvolver a forma grave da covid.

Edição: Raquel Mariano / Guilherme Strozi

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Brasil perde e fica fora da disputa do ouro no vôlei masculino

A luta pelo bronze acontecerá na madrugada deste sábado (7), à 1h30 (horário de Brasília), contra a Argentina.

Baixar arquivo
Esportes

Beatriz Ferreira e Hebert Conceição estão nas finais do boxe em Tóquio

Os baianos Beatriz Ferreira e Hebert Conceição estão nas finais do boxe na Olimpíada de Tóquio. No feminino, na categoria leve (até 60kg), a vaga foi garantida após a brasileira vencer a finlandesa Mira Potkonen por decisão unânime dos árbitros (5 a 0). Enquanto no masculino,

Baixar arquivo
Esportes

Caio Bonfim chega em 13º na marcha atlética de 20km

Ele competiu na madrugada desta quinta-feira (5), tendo encerrado a prova na 13ª colocação, com o tempo de 1h23min21s. A disputa aconteceu no Parque Sapporo Odori, no centro da cidade de Sapporo.

Baixar arquivo
Geral

Operação investiga esquema de golpe em investimentos de bitcoins

O alvo da operação é um suposto investidor especialista que teria lesado dezenas de pessoas em vários estados.

Baixar arquivo
Saúde

Campanha pede cobrança de mais impostos sobre bebidas açucaradas

O excesso de açúcar é um dos responsáveis por cerca de três milhões de brasileiros com obesidade ou sobrepeso. O diabetes atinge a maior parte desses adultos, seguido pelas doenças cardíacas e cerebrovasculares.

Baixar arquivo