Parkinson: tecnologia de baixo custo mede sinais da doença

Publicado em 30/07/2021 - 19:42 Por Tatiana Alves - Repórter da Rádio Nacional - - Rio de Janeiro

A eclosão da pandemia do novo coronavírus reatualizou um tema que tem se tornado progressivamente mais urgente: o cuidado com os idosos. Cada vez mais presentes em nossa sociedade, em razão do crescente desenvolvimento das tecnologias médicas em todo o mundo, os idosos viram sua expectativa de vida aumentar com o passar dos anos.

Segundo o IBGE, no ano 2000, pessoas acima de 65 anos representavam 8,17% da população brasileira. Em 2025, o Brasil poderá ocupar o sexto lugar em relação à população idosa, podendo alcançar cerca de 32 milhões de pessoas acima de 65 anos.

Com a ampliação da expectativa de vida, cresceu também o número de distúrbios e doenças características da idade, a exemplo do Mal de Parkinson. Os dados são do neurocirurgião Bruno Pessoa, que é  neuropesquisador da Universidade Federal Fluminense (UFF) e coordenador de uma pesquisa sobre a tecnologia do TREMSEN – Tecnologia de Detecção Precisa de Tremores.

O mal é caracterizado por tremor, rigidez e instabilidade postural, apresentando evolução arrastada e progressiva, com complicações motoras e não motoras em fases mais avançadas.

O neurocirurgião da UFF, juntamente com uma equipe da Universidade Federal de Uberlândia, em Minas Gerais, e também da Universidade da Califórnia, nos EUA, vem desenvolvendo a pesquisa para transformar a avaliação médica, pautada somente no exame clínico do neurologista, numa ferramenta objetiva.

Bruno Pessoa explica que o método consiste na aplicação de sensores nas mãos do paciente. O médico ressalta as vantagens desse mecanismo, tendo em vista tratar-se de um método de baixo custo.

Outra característica da tecnologia é que o próprio paciente consegue mensurar sua condição neurológica. Dessa forma, ele tem como saber de modo mais objetivo se a doença dele está estável, progredindo ou melhorando do ponto de vista clínico.

Edição: Roberto Piza / GT Passos

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Correios fazem leilão de 701 mil itens a partir de segunda-feira (27)

São os chamados refugos, ou seja, produtos que continuam aos cuidados dos Correios, mesmo após várias tentativas de entrega aos destinatários.

Baixar arquivo
Geral

Novo aplicativo do Bolsa Família já tem 200 mil downloads

Quem ainda não tem o aplicativo, pode fazer o download nas lojas virtuais para os sistemas IOS e Android.

Baixar arquivo
Cultura

80% da população ainda ouve rádio, diz pesquisa

É o que aponta o estudo Inside Radio 2021, da Kantar IBOPE Media. E mesmo aumentando a audiência das rádios pelo celular, as pessoas preferem é escutar no aparelho de rádio tradicional.

Baixar arquivo
Cultura

Nova edição da ViradaSP começa neste sábado em Mogi das Cruzes (SP)

Na programação de hoje estão apresentações do rapper Rael, da cantora Adriana Moreira e do cantor e contador de causos Rolando Boldrin, no quadro Rolando Prosa.

Baixar arquivo
Economia

Caixa inicia pagamento da sexta parcela do Auxílio Emergencial

Saques em dinheiro e transferências bancárias para quem nasceu em maio serão liberados no dia 8 de outubro. Valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem.

Baixar arquivo
Economia

Fim de ano pode gerar 94 mil vagas de empregos temporários, diz CNC

O cálculo é da CNC, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Economista alerta que a previsão depende do controle da pandemia.

Baixar arquivo