Inmetro suspende certificação de dois modelos de implantes mamários

Publicado em 26/08/2021 - 21:28 Por *Daniella Longuinho - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O Inmetro suspendeu, temporariamente, a certificação de dois modelos de implantes mamários comercializados pela Johnson&Johnson do Brasil: Siltex de Coesividade III e Siltex Round Gel. 

Segundo comunicado da empresa americana, a decisão foi motivada devido a falha em uma única amostra durante teste mecânico de fadiga, realizado como parte do processo certificação. Com a suspensão, a venda desses produtos no país foi interrompida.

A gerente-geral de Monitoramento de Produtos Sujeitos à Vigilância Sanitária da Anvisa, Suzie Marie Gomes, ressalta que os pacientes que possuem próteses de qualquer espécie devem ter acompanhamento médico de forma regular. Caso apresentem algum evento adverso em relação ao implante, precisam notificar a Agência.

A gerente explica ainda que, até o momento, não há risco para a saúde dos pacientes usuários dos modelos que tiveram a certificação suspensa.

O presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Dênis Calazans, afirma que os implantes mamários atualmente comercializados no país possuem uma biossegurança muito elevada. O médico reforça que a suspensão pode estar associada a detalhes técnicos que não necessariamente geram problemas de saúde aos pacientes.

O comunicado da Johnson&Johnson destaca ainda que nenhuma ação é necessária para os clientes ou pacientes que possuem os implantes, já que não foram identificados riscos adicionais. Os modelos suspensos pelo Inmetro foram distribuídos no Brasil entre 17 de junho e 15 de julho deste ano. 

A recomendação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica é de reavaliação das próteses mamárias a cada 15 anos. 

Em nota a Johnson&Johnson esclareceu que o episódio não está relacionado a qualidade segurança ou eficácia do produto e que a distribuição dos implantes Siltex de Coesividade III e Siltex Round Gel foi interrompida no Brasil até que o certificado seja restabelecido. A nota diz ainda que a empresa está colaborando com o Inmetro para resolver o assunto.

*Com produção de Joana Lima. 

Edição: Bianca Paiva / Guilherme Strozi

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Segurança

Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária atua em Roraima até novembro

A Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária permanece em Roraima até o dia 30 de novembro. Os agentes participantes da ação são ligados à União, atuam em âmbito nacional e estão no estado desde 2018.

Baixar arquivo
Política

Votação da PEC dos Precatórios será presencial na próxima quarta-feira

A informação é do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros pelo twitter. Ele escreveu que a votação será feita presencialmente e que parlamentares foram mobilizados para garantir o quórum necessário.

Baixar arquivo
Saúde

Campanha de Multivacinação termina nesta sexta-feira em todo Brasil

A campanha quer atualizar a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes menores de 15 anos com imunização contra HPV, febre amarela, sarampo, rubéola, caxumba em todo o Brasil.

Baixar arquivo
Cultura

Toada "Maranhão, meu tesouro meu torrão" vira patrimônio do Estado

A toada foi uma das classificadas para a 1ª edição do Festival de Toadas de Bumba Meu Boi do Maranhão, realizado em 1986, o que permitiu a sua regravação pela cantora maranhense Alcione.

Baixar arquivo
Saúde

Polícia Federal realiza operação com alvo a Precisa Medicamentos

A empresa fez a intermediação entre o laboratório indiano Bharat Biotech e o Ministério da Saúde para a compra de 20 milhões doses da vacina Covaxin.

Baixar arquivo
Saúde

CPI da Prevent Senior ouve pacientes e parentes de vítimas da covid-19

A CPI da Prevent Senior da Câmara Municipal de São Paulo ouviu nesta quinta feira depoimentos de pacientes e parentes de vítimas de covid-19 atendidos pela operadora de saúde.

Baixar arquivo