Rio registra menor número de internações por covid em UTIs no ano

Publicado em 16/09/2021 - 13:57 Por Cristiane Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

O número de internações em leitos de UTI para tratamento da covid-19 em hospitais do estado do Rio de Janeiro é o menor desde novembro do ano passado. Segundo a secretaria estadual de Saúde, na última terça-feira, 14 de setembro, a Central Estadual de Regulação registrou 36 solicitações em toda a rede do SUS.

O número é o menor desde o dia 13 de novembro de 2020, quando 34 vagas foram demandadas pelas unidades de saúde.

Para o secretário de estado de Saúde, Alexandre Chieppe, esse quadro reflete o avanço da vacinação contra a covid-19 em todo o estado. Entre os dias 13 de agosto e 13 de setembro, os 92 municípios fluminenses aplicaram 3.142.348 doses do imunizante. Com isso, o Rio alcançou 82% da população acima de 18 anos com a primeira dose e 43% totalmente imunizada contra a doença.

Os dados são baseados nas informações do painel de vacinação da covid-19, do Ministério da Saúde.

Chieppe enfatizou que o avanço da vacinação também tem sido determinante para que a variante Delta não apresente resultados significativos em internações e mortes.

De acordo com informações do Laboratório Nacional de Computação Científica, responsável pelo sequenciamento genômico do coronavírus, a Delta tem grande circulação no estado e é predominante na capital, onde, segundo a secretaria municipal de Saúde,  93,8% da população acima de 12 anos já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 e 54,8% estão com a imunização completa.

 

Edição: Ana Lúcia Caldas/Edgard Matsuki

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Fiocruz defende continuidade no uso de máscaras e comprovante vacinal

Pesquisadores do Observatório Covid-19, da Fiocruz, defendem que o sucesso no controle da pandemia, no atual estágio em que o Brasil se encontra, requer, além de elevada cobertura vacinal , a associação de medidas, como higienização das mãos, distanciamento social, exigência do uso de máscara e de comprovante de imunização.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Projeto Adapt da UFJF ajuda crianças com dificuldade de se movimentar

Uma equipe de 25 pessoas recebe carrinhos como aqueles usados para passear com crianças em shopping centers. Em seguida, transformam o brinquedo em um carro elétrico, e, depois, fazem adaptações personalizadas, de acordo com a necessidade de cada um.

Baixar arquivo
Economia

Turismo de negócios contribui para recuperação do setor em São Paulo

O turismo de negócios está ajudando a recuperar o movimento dos hotéis na cidade de São Paulo. Nos últimos quatro meses, a taxa de ocupação vem aumentando, e chegou a 50% em agosto, número próximo do período pré-pandemia, segundo índice divulgado pela Fecomercio no estado.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Universidade Federal de Pernambuco cria produto que combate cárie

A cárie é uma deterioração no dente causada por bactérias. Para dar um jeito nisso, os dentistas costumam usar a broca. Mas o barulho desse motorzinho pode estar com os dias contados.

Baixar arquivo
Esportes

Presidente do COB destaca a importância dos Jogos Universitários

As competições foram um reencontro de estudantes que são esportistas tradicionais, eletrônicos e adaptados de 26 modalidades diferentes 4,5 mil pessoas participaram do eventos se somarmos atletas, árbitros, técnicos e voluntários .

Baixar arquivo
Saúde

Campanha Nacional de Multivacinação continua até 29 de outubro

O prazo para atualizar a caderneta de crianças e adolescentes menores de 14 anos se estende até o dia 29. Na lista de mais de 20 imunizantes estão os que protegem contra doenças, como hepatites A e B, poliomielite, febre amarela e  HPV.

Baixar arquivo