Anvisa aumenta validade da Janssen para 6 meses

Publicado em 10/10/2021 - 15:10 Por Gabriel Brum - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, aprovou a ampliação do prazo de validade da vacina contra covid-19 da farmacêutica Janssen de quatro meses e meio para 6 meses, sob condições de armazenamento de dois a oito graus Celsius. O pedido havia sido feito pela empresa no dia 15 de setembro.

A decisão da Diretoria Colegiada da agência foi unânime. Segundo a diretora, Meiruze Sousa Freitas, que relatou o pedido, o relatório técnico informou que a farmacêutica já tem dados de estabilidade de 6 meses para, pelo menos, três lotes comerciais. 

Todos parâmetros avaliados, como aparência do produto, integridade do sistema de fechamento e concentração de partículas virais, não apresentaram indicativos de degradação.

A vacina da Janssen é a única de dose única aprovada no Brasil. O uso emergencial foi autorizado em 31 de março deste ano. Quando armazenada entre temperaturas de -25 graus  e -15 graus Celsius, possui validade de 24 meses.

Segundo o site do Ministério da Saúde, está prevista a entrega de mais 36 milhões e 200 mil doses da vacina entre novembro e dezembro.

No entanto, no anúncio sobre o planejamento da vacinação contra covid-19 para 2022, o ministro Marcelo Queiroga informou que a vacina da Janssen não está nos planos. A razão é que, assim como a CoronaVac do Butantan, ela tem somente a autorização de uso emergencial, mas isso pode mudar.

Atualmente, somente as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca, que no Brasil é produzida pela Fiocruz, têm o registro definitivo na Anvisa.

 

 

 

Edição: Leila Santos/ Marizete Cardoso

Últimas notícias
Cultura

Em 30 de novembro de 1982, Michael Jackson lançava o álbum Thriller

Disco é citado até hoje como um dos melhores de todos os tempos e foi o álbum mais vendido no mundo, com cerca de 65 de milhões de cópias. Sucesso de público e de mídia, o trabalho rendeu oito Grammys. 

Baixar arquivo
Cultura

Professor da USP traduz cartas de indígenas no Brasil do século XVII

Cartas trocadas entre indígenas do Brasil em tupi antigo, em 1645, foram traduzidas pelo pesquisador e professor da USP, Eduardo Navarro. O contexto era o da disputa entre Portugal e Holanda por terras brasileiras, hoje, o estado de Pernambuco.

Baixar arquivo
Saúde

Estatuto do Câncer torna obrigatório atendimento integral

Dentre os objetivos do estatuto estão o diagnóstico precoce, a informação clara e confiável sobre a doença e o tratamento adequado, bem como humanização da atenção ao paciente e à sua família

Baixar arquivo
Saúde

Rio não tem registro de casos da variante Ômicron no estado

Secretaria de Saúde vai emitir um alerta às vigilâncias municipais para aumento da atenção a casos de viajantes que apresentem quadro de síndrome gripal, com realização de exame PCR, monitoramento e notificação por meio dos canais oficiais.

Baixar arquivo
Educação

Carreta leva artes, ciência e meio ambiente para a população do Rio

O Busão das Artes, com 15 metros de extensão, foi adaptado para receber experimentos interativos científicos e projetos de artes visuais e começou a circular pelas ruas e praças da cidade do Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Segurança

Polícia faz operação para capturar responsáveis por morte de sargento

A ação acontece em comunidades da zona norte do Rio. Os agentes procuram pelos criminosos envolvidos no assassinato do do sargento Jamilton Machado de Assis, atingido, em outubro, por um tiro na cabeça dentro de uma viatura.

Baixar arquivo