Câncer de mama pode afetar até 66 mil mulheres por ano

Publicado em 20/10/2021 - 13:04 Por Beatriz Albuquerque - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O câncer de mama pode afetar até 66 mil mulheres por ano e é a principal causa de morte entre as brasileiras. Esse foi um dos dados divulgados pelo Ministério da Saúde, em coletiva nesta quarta-feira. Estavam presentes secretários do Ministério da Saúde, parlamentares, a primeira-dama Michele Bolsonaro, além da ministra  da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

O ministro da Saúde explicou que houve uma ampliação na rede de atendimento para detecção do câncer de mama, com a compra de equipamentos e investimentos financeiros. 

De acordo com o Ministério, entre os anos de 2019 e 2021, foram investidos mais de R$ 379 milhões em exames de mamografia para diagnóstico e rastreio da doença e quase R$ 22 milhões em cirurgias para o tratamento de câncer de mama.  O câncer de mama é a primeira causa de morte por câncer na população feminina em todas as regiões do Brasil, exceto na região Norte, onde o câncer do colo do útero ocupa o primeiro lugar. Um levantamento do Instituto Nacional do Câncer revela que, até 2022, mais de 66 mil casos novos de câncer de mama podem surgir na população brasileira.

A doença geralmente se manifesta através de um nódulo irregular, duro e indolor. Às vezes, com consistência branda, globosos e até bem definidos. Mas não importa o formato. Ambos são sinais de alerta e demandam cuidados. Com um leve toque na mama é possível identificá-lo e, quanto mais cedo isso ocorrer, mais chances a pessoa tem de cura.

Edição: Leila Santos/Edgard Matsuki

Últimas notícias
Saúde

Paciente do RJ testa negativo para variante Ômicron

Paciente de 29 anos, que chegou ao Rio vinda recentemente de uma viagem à África do Sul, estava sob suspeita de infecção pela Ômicron, nova variante do coronavírus.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Prêmio de Acessibilidade reconhece iniciativas de inclusão de PCDs

Programa de instituto da Baixada Fluminense que oferece livros com linguagem inclusiva, como em Libras, e ação da prefeitura de João Pessoa que proporciona banho de mar acessível, passeio de caiaque e vôlei sentado foram algumas iniciativas premiadas.

Baixar arquivo
Economia

Produção industrial brasileira recua 0,6% em outubro, diz IBGE

 Esta é a quinta queda consecutiva do indicador, que acumula perda de 3,7%. Os dados estão na Pesquisa Industrial Mensal, divulgada nesta sexta-feira (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Baixar arquivo
Esportes

Em 2000, Gustavo Kuerten chegava ao topo do ranking mundial de tênis

Neste dia, há 21 anos, Gustavo Kuerten vencia a final do Masters de Lisboa, em Portugal, contra um dos favoritos, o norte-americano Andre Agassi. A vitória fez de Guga o primeiro sul-americano a terminar uma temporada como o número 1 do mundo.

Baixar arquivo
Cultura

Merval Pereira é eleito presidente da Academia Brasileira de Letras

O jornalista e escritor de 72 anos, que se tornou acadêmico em 2011, vai presidir a ABL no ano de 2022. Recentemente, a Academia adicionou quatro integrantes: Fernanda Montenegro, Gilberto Gil, Paulo Niemeyer Filho e José Paulo Cavalcanti.

Baixar arquivo
Geral

Pesquisa do IBGE evidencia agravamento da desigualdade social

A crise sanitária provocada pelo coronavírus em todo o mundo tem mostrado o agravamento da disparidade pelas diferenças sociais, refletindo também na economia dos países.

Baixar arquivo