No Rio de Janeiro o contraventor Rogério de Andrade é novamente preso

Publicado em 04/08/2022 - 22:58 Por Fabiana Sampaio - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

O contraventor Rogério de Andrade foi novamente preso, nesta quinta-feira, pouco depois da operação da Polícia Federal e do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro prender seu filho Gustavo de Andrade.

A primeira Vara Criminal da Capital decretou nova prisão para Rogerio. A ordem anterior tinha sido revogada, em caráter liminar, na última segunda-feira pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Nunes Marques, que entendeu que os elementos de prova datavam de 2019, não representando “o surgimento de fato novo”.

No entanto o juízo da Primeira Vara Criminal Especializada do Tribunal de Justiça do Rio acolheu novo pedido do MP que traz novas provas de que o esquema de corrupção e as atividades ilícitas prosseguiram ocorrendo normalmente.

De acordo com o MP alguns dos documentos apreendidos na operação datados de quarta-feira revelam o retorno do pagamento de propina a delegacias especializadas da Polícia Civil do Rio.

Também foram apreendidos documentos com datas de junho e julho de 2022 que expõem uma sistemática cadeia de corrupção mantida de forma persistente mesmo após a deflagração da operação Calígula, ocorrida em maio, quando Rogério e Gustavo passaram a ser considerados foragidos. 

Os dois foram localizados nesta quarta-feira em uma casa no Condomínio Vale do Sossego, em Itaipava, bairro nobre de Petrópolis, na Região Serrana do Rio. Gustavo de Andrade foi preso pela manhã e Rogério de Andrade durante à tarde, após a nova decisão da Justiça.

O MP fluminense afirma que o contraventor e o filho comandam uma estrutura criminosa organizada voltada à exploração de jogos de azar, não apenas no Rio de Janeiro, mas em diversos outros estados. Segundo o MP, o grupo atua com corrupção de agentes públicos, emprego de violência contra concorrentes e desafetos e há suspeita de prática de homicídios.

Procurada, a defesa de Gustavo de Andrade afirmou que a prisão é ilegal e será combatida nos tribunais. A defesa de Rogério de Andrade não respondeu até o fechamento da reportagem.  

A Corregedoria-Geral de Polícia Civil do estado informou que  aguarda comunicação oficial a respeito do caso para que possa tomar as medidas cabíveis.

Edição: Raquel Mariano / Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Direitos Humanos

Rio lança o "Ouvidoria Mulher" para vítimas de violência doméstica

O serviço, lançado nesta quarta-feira (10),  faz parte das ações do Ministério Público do Estado, para marca o mês de agosto, em que se comemora os 16 anos da Lei Maria da Penha.

Baixar arquivo
Geral

PF faz ação contra organização que fraudava planos de saúde no RJ

Os investigadores estimam que em cinco anos, a partir de 2014, a gestão de uma operadora de plano de saúde de servidores públicos causou um prejuízo da ordem de R$ 664 milhões.

Baixar arquivo
Geral

PF prende homem acusado de roubar bitcoins nos EUA

Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão; e um mandado de prisão preventiva na cidade de Imperatriz, sul do estado.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Lei em Salvador dará multa para quem intimidar mulheres na cidade

Ela estabelece sanções para quem cometer assédio contra mulheres, ou que as exponham publicamente a qualquer tipo de constrangimento, no âmbito da incidência, ou não, da Lei Maria da Penha.

Baixar arquivo
Justiça

Justiça aceita denúncia contra dona de asilo por maus-tratos

Vanessa da Silva Ferro de Souza é proprietária e administradora da casa de repouso para idosos Laço de Ouro, na zona oeste do Rio, onde um paciente da instituição morreu.

Baixar arquivo
Esportes

Etapa do Taiti define últimas vagas para Finals do Circuito de Surfe

Filipe Toledo, que lidera o ranking mundial, competirá na quarta bateria da primeira fase

Baixar arquivo