Região metropolitana do Rio tem 91% dos casos de coronavírus do estado

Segunda região com maior incidência totaliza 78 contaminados

Publicado em 07/04/2020 - 22:25 Por Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro
Atualizado em 08/04/2020 - 01:10

Os casos confirmados no estado do Rio estão concentrados na região metropolitana do Rio, que registra 91,6% do total. Dos 1.688 casos divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta terça-feira (7), 1.531 estão nessa região, que engloba a capital, Niterói, São Gonçalo e a Baixada Fluminense.

As demais regiões apresentam índices bem menores de contaminação pelo covid-19. A que tem o maior número de casos é a região do Médio Paraíba, com 78 casos, o que representa 4,6% do total do estado. Um dos motivos é a cidade de Volta Redonda, polo siderúrgico, que sozinha tem 58 casos.

A terceira região com maior número de casos confirmados é a Serrana, que registra 38 casos, ou 2,25% do total. Desses, 20 casos estão na cidade de Petrópolis, 7 em Teresópolis e mais 7 em Nova Friburgo.

As demais regiões têm índices abaixo de 1% sobre o total do estado, com destaque para a Baixada Litorânea, com 15 casos, ou 0,88%. A região norte, onde estão os municípios de Campos dos Goytacazes e Macaé, polos de extração de petróleo, registra 10 casos, ou 0,59%.

As demais regiões têm índices ainda menores, como Baía da Ilha Grande, onde estão Angra dos Reis e Paraty, com 6 casos, ou 0,35%; Centro Sul, com 6 casos, 0,35%; e Noroeste, com 3 casos, ou 0,17% do total do estado.

Nas 30 cidades onde não foram registrados casos de covid-19, o governador Wilson Witzel publicou decreto suspendendo o isolamento interno, permitindo à população se locomover livremente dentro do município e a abertura normal do comércio.

Porém, o número de municípios atingidos pelo coronavírus vem aumentando a cada semana, tornando impossível dizer que qualquer cidade estará livre da contaminação. Na divulgação desta terça-feira, o estado registrou 1.688 casos distribuídos em 48 municípios. Pouco mais de uma semana atrás, no boletim de 30 de março da SES, eram 657 casos, em 24 municípios. Na semana anterior, eram 233 casos, em sete municípios. No boletim de 16 de março, o estado registrava 31 casos também em três* municípios.

*Ao contrário do reportado inicialmente, o boletim de 16 de março registrava 31 casos em três municípios, e não em sete. Matéria corrigida em 08/04 às 01h10.

Edição: Fábio Massalli

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Voltar ao topo da página