Remessa com 86,4 mil vacinas contra covid-19 chega a Santa Catarina

Imunizante começa a ser distribuído a municípios ainda hoje

Publicado em 10/03/2021 - 10:09 Por Karine Melo - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Uma nova remessa com mais 86.400 doses da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, em São Paulo, em parceria com o laboratório Sinovac, chegou a Santa Catarina hoje (10). Segundo boletim do governo local, quase 400 pessoas com covid-19 estão na lista de espera por um leito em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Do aeroporto de Florianópolis, as doses foram para a Central Estadual de Rede de Frio, da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), em São José, onde são feitas a conferência e a organização da distribuição para as 17 unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (Udves) das Regionais de Saúde.

“A chegada desse novo lote de vacinas reforça nosso alinhamento com o Ministério da Saúde para garantir a imunização dos catarinenses. Como temos feito desde o início, nossas equipes estão preparadas para redistribuir as doses aos municípios tão logo cheguem a Santa Catarina”, afirmou o governador Carlos Moisés.

Reserva

Como já ocorreu em outras remessas da vacina CoronaVac, o estado fará a distribuição de apenas metade das doses recebidas, um total de 43.200, para a aplicação da primeira dose (D1), conforme recomendação do Ministério da Saúde. A outra metade ficará armazenada para garantir a aplicação da segunda dose em um intervalo de duas a quatro semanas.

As doses desta nova remessa serão encaminhadas entre hoje e amanhã aos 295 municípios catarinenses para dar continuidade à vacinação dos trabalhadores da saúde e idosos com 75 anos ou mais. 

Com relação aos demais grupos prioritários que já iniciaram a vacinação, as doses necessárias para vacinar a população desses grupos como, por exemplo, população indígena, já foram enviadas aos municípios. 

A gerente de imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, Arieli Fialho, reforçou que é de extrema importância que os municípios catarinenses comecem a aplicar as doses das vacinas imediatamente após o recebimento. 

“A recomendação é não deixar doses paradas. Caso uma cidade encerre a vacinação de um grupo prioritário, por exemplo, ela pode dar sequência à vacinação do próximo grupo, desde que cumpra o que foi pactuado e está previsto no Plano Estadual de Vacinação”, explicou.

Distribuição

Com mais essa remessa, Santa Catarina chega a 583.440 doses das vacinas Oxford/AstraZeneca e CoronaVac/Butantan recebidas. A distribuição das 43.200 doses começa ainda hoje, a partir das 14h. As unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica de Joinville, Florianópolis, Criciúma, Blumenau e Itajaí farão a retirada em São José. A central de Criciúma será responsável por encaminhar as doses para Tubarão e Araranguá.

 

Edição: Kleber Sampaio

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias