Últimas notícias CNBB

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, o presidente da CNBB, cardeal Sergio da Rocha, e o secretário-geral da entidade, dom Leonardo Steiner, durante lançamento da Campanha da Fraternidade 2019.
Geral

Dodge diz que medidas do Estado não podem discriminar o cidadão

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse hoje (6), no lançamento da Campanha da Fraternidade, que o papel do Ministério Público é zelar para que as políticas públicas incluam todos os cidadãos, alertando que as medidas adotadas pelo Estado não podem discriminar e

Política

CNBB condena discursos radicais e pede respeito à democracia

A quatro dias do segundo turno das eleições no país, o Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), defendeu hoje (24) que a democracia seja respeitada e valores, como justiça e paz social sejam preservados.

Política

CNBB e mais seis entidades pedem equilíbrio às vésperas das eleições

A violência que desencadeou agressões em distintos níveis nas ruas e nas redes sociais foi repudiada por sete entidades civis, entre elas a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que divulgaram nota de apelo para que o equilíbrio e o respeito prevaleçam às vésperas

Brasília - A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) abre oficialmente a Campanha da Fraternidade 2018 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Geral

Ao lançar Campanha da Fraternidade 2018, CNBB diz que corrupção é violência

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou, nesta quarta-feira (14), a Campanha da Fraternidade 2018, com o tema Fraternidade e Superação da Violência. O documento aponta formas e tipos de violência no Brasil, dando destaque às praticadas contra os negros, os jovens e as mulheres. “Os grupos sociais vulneráveis são as maiores vítimas da violência”, disse o presidente da entidade, cardeal Sérgio da Rocha. Durante o lançamento da campanha, o presidente da CNBB listou também como prática violenta, a corrupção. “A corrupção é uma forma de violência, e ela mata”, disse o cardeal.