Últimas notícias Descriminalização da maconha

Internacional

Democratas anunciam projeto para descriminalizar maconha nos EUA

Parlamentares democratas no Senado dos Estados Unidos anunciaram nesta sexta-feira (20) sua intenção de apresentar uma proposta de lei para descriminalizar a venda, posse e consumo de maconha em nível federal. A informação é da EFE.

Segundo a agência reguladora, a inclusão não altera as regras para importação de medicamentos com canabidiol ou outros extratos da maconha.
Internacional

Nova Jersey amplia uso de maconha medicinal para dor de cabeça e ansiedade

O estado de Nova Jersey ampliou nesta terça-feira (27) seu programa de maconha medicinal para incluir pacientes que sofram de dor de cabeça, ansiedade, diversas formas de dor crônica e do transtorno neurológico da síndrome de Tourette. As informações são da Agência EFE.

Segundo a agência reguladora, a inclusão não altera as regras para importação de medicamentos com canabidiol ou outros extratos da maconha.
Internacional

Uruguai começa a vender maconha de uso recreativo em farmácias

O Uruguai começou a vender, nesta quarta-feira (19), maconha para uso recreativo nas farmácias como resultado de uma lei pioneira de 2013. A iniciativa inédita no mundo faz do país o primeiro a aplicar um controle estatal sobre a produção, a compra e a venda da substância.

Política

Alexandre de Moraes diz que país é excessivo no foro privilegiado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes disse hoje (17), durante palestra, que o país concentra o maior número de pessoas com foro privilegiado.

O ex-presidente e senador do Uruguai José Mujica durante encontro com estudantes na concha acústica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), no campus do Maracanã (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Geral

Mujica diz no Rio que narcotráfico é pior do que descriminalização da droga

O ex-presidente do Uruguai e atual senador José Mujica defendeu hoje (27), no Rio, que a descriminalização das drogas é o melhor combate ao narcotráfico. O tema está em pauta no Supremo Tribunal Federal (STF).