Últimas notícias Jair Bolsonaro

Brasília (DF) 18/05/2023 Ex-presidente, Jair Bolsonaro, na saída do Senado federal após visitar seu filho e senador, Flávio Bolsonaro. Foto Lula Marques/ Agência Brasil.
Justiça

Moraes dá 48 horas para Bolsonaro explicar visita à embaixada húngara

Ex-presidente se hospedou no local de 12 a 14 de fevereiro. Estadia ocorreu após ele ter o passaporte apreendido.

Bolsonaro passou duas noites na embaixada da Hungria após operação e apreensão de passaporte, diz jornal. Foto: Embaixada da Hungria/Divulgação
Política

PF vai apurar hospedagem de Bolsonaro na Embaixada da Hungria

Após ter o passaporte apreendido, o ex-presidente permaneceu no local por dois dias. Polícia Federal vai verificar se as restrições impostas pelo Supremo Tribunal Federal foram violadas.

Brasília (DF), 18/10/2023, O ex-presidente Jair Bolsonaro, fala com jornalistas, na sede da Polícia Federal em Brasília. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Política

Bolsonaro se hospedou na Embaixada da Hungria após perder passaporte

Reportagem do New York Times sugere que o ex-presidente tentou escapar do sistema de justiça brasileiro, já que o território de embaixadas está fora do alcance de autoridades nacionais.

Brasília (DF), 22/03/2024, - Comboio do tenente-coronel Mauro Cid na Superintendência da Polícia Federal (PF) na capital federal. Em nota, a PF disse que Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), passou por exame de corpo de delito no Instituto Nacional de Criminalística da instituição. Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Geral

Mauro Cid ficará preso em batalhão da polícia do Exército

Ex-ajudante de ordens de Bolsonaro passou por exame de corpo de delito na tarde de hoje na Superintendência da Polícia Federal.

Sessão plenária do STF. 29/02/2024 - Ministro Flávio Dino na sessão plenária do STF.  Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF
Justiça

Dino rejeita recurso de Bolsonaro contra multa aplicada pelo TSE

Advogados de Bolsonaro tentaram anular decisão do Tribunal Superior Eleitoral que multou o ex-presidente em R$ 70 mil por ilegalidade cometida contra Lula na campanha de 2022.