Últimas notícias Ninho do Urubu

Centro de treinamento presidente George Helal, conhecido com Ninho do Urubu, é utilizado pela equipe de futebol do Flamengo. Foto da bandeira destruída depois de um incêndio.
Justiça

TRT/RJ extingue ação que pedia bloqueio de R$ 100 milhões do Flamengo

O relator do processo considerou que o MPT/RJ não indicou, na petição inicial, exatamente o que pretendia reclamar judicialmente, e que o pedido foi extremamente genérico.

Centro de treinamento presidente George Helal, conhecido com Ninho do Urubu, é utilizado pela equipe de futebol do Flamengo. Foto da bandeira destruída depois de um incêndio.
Geral

Incêndio no Ninho do Urubu completa 2 anos e vítimas são homenageadas

Flamengo anunciou que fez acordos de indenização com 8 famílias e com o pai de um dos jogadores mortos. O clube negocia com a mãe de um dos rapazes e com a família de outra vítima.

Centro de treinamento presidente George Helal, conhecido com Ninho do Urubu, é utilizado pela equipe de futebol do Flamengo. Foto da bandeira destruída depois de um incêndio.
Justiça

Denunciados por incêndio no Ninho do Urubu viram réus

Na denúncia, o MPRJ lista as irregularidades cometidas pelos denunciados como descumprimento de normas técnicas e desobediência a sanções administrativas impostas pelas autoridades.

Centro de treinamento presidente George Helal, conhecido com Ninho do Urubu, é utilizado pela equipe de futebol do Flamengo. Foto da bandeira destruída depois de um incêndio.
Justiça

Após dois anos, MP denuncia 11 pessoas por incêndio no Ninho do Urubu

No dia 8 de fevereiro de 2019, um incêndio no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo, provocou a morte de dez adolescentes e lesões em mais três.

Centro de treinamento presidente George Helal, conhecido com Ninho do Urubu, é utilizado pela equipe de futebol do Flamengo. Foto um torcedor do Flamengo em frente ao centro de treinamento do clube, após um incêndio.
Esportes

Defensoria: e-mails revelam que Flamengo sabia dos perigos no Urubu

Mensagens foram trocadas nove meses antes de incêndio no centro de treinamento que resultou na morte de dez jovens atletas, em fevereiro de 2019.