Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Projeto EnCine incentiva cineclubes nas escolas do Distrito Federal

Publicado em 22/09/2014 - 22:16 e atualizado em 23/09/2014 - 07:15

Por Michèlle Canes - Repórter da Agência Brasil Brasília

Para que a atividade dos cineclubes seja fortalecida nas escolas do Distrito Federal (DF), as secretarias de Cultura e Educação assinaram hoje (22) portaria conjunta de lançamento do Projeto EnCine, aproveitando o clima do 47º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. O projeto tem R$ 625 mil para o financiamento de equipamento, treinamento de alunos e professores, além de quitar gastos já feitos com a montagem de salas de projeção em escolas que recebem as mostras competitivas do festival.

Hoje, 77 escolas do DF têm equipamentos instalados. Viviane Calasans, educadora e integrante da União de Cineclubes do DF (UCDF), diz que teve oportunidade de receber treinamento durante um projeto do qual fez parte, em 2010. Levou o cineclube para dentro da escola onde trabalhava e viu, na prática, o resultado com os alunos. Para ela, unir o audiovisual e o conteúdo escolar facilita a transmissão das matérias e desperta o interesse dos alunos.

“Eles ficam mais críticos, buscam fazer as atividades de forma diferenciada. Abre o olhar deles”, conta. Mas  quem viu o que deu certo, traz também a preocupação com o que pode acontecer, sem apoio. “A questão da continuidade é uma preocupação. Na escola que eu trabalhava, foram formados dois educadores. Nós saímos. Quem ficou? É um projeto importante. O aluno sente falta”, e espero que o projeto seja uma oportunidade para a continuidade.

Ana Arruda, integrante do Projeto EnCine, explica que 20 escolas, em diferentes regiões administrativas do DF, serão escolhidas inicialmente. Para que a continuidade seja possível, os alunos também serão formados. “Quando o estudante é protagonista, ele mobiliza não só a comunidade escolar, mas torna o ambiente da escola em um ambiente de empoderamento. O estudante não está na posição passiva de receber conteúdo, mas de discutir cinema, o cotidiano, a comunidade dele. Ele é protagonista”, destaca.

Os alunos que farão parte do projeto receberão treinamento, tanto de história do cinema nacional, mundial e local, como questões técnicas para lidar com máquinas e o material dos cineclubes. Além disso, será feito reconhecimento da realidade da comunidade em que as crianças e jovens vivem. “Teremos uma oficina de mapeamento da própria comunidade para eles entenderem como o cineclube pode contribuir para a comunidade local”, explica Ana Arruda.

O secretário de Cultura, Hamilton Pereira, ressaltou que a rede pública é um meio importante para pulverizar a cultura de formação. “A portaria que nós assinamos hoje abre espaço para consolidar a parceria entre a política pública de cultura e as políticas educacionais, e busca o apoio da sociedade, por meio da organização dos cineclubes, para fazer com que o audiovisual brasileiro se aproxime do seu público no melhor momento, que é o da infância e da juventude”, acredita.

O secretário de Educação, Marcelo Aguiar, que também assinou o documento, conta que o trabalho nas escolas vai além de exibições de filmes. “Toda essa ação será incluída no projeto pedagógico da escola. Discussão em sala de aula, o desenvolvimento de trabalho com os alunos, no sentido de criar uma cultura cineclubista na escola, de respeito ao audiovisual e de conhecimento da produção nacional”, sintetizou.


Fonte: Projeto EnCine incentiva cineclubes nas escolas do Distrito Federal
Edição: Stênio Ribeiro

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias