Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Francisco Bosco é nomeado presidente da Funarte

Publicado em 05/02/2015 - 17:42

Por Akemi Nitahara - Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro

Foi publicada hoje (5) no Diário Oficial da União a nomeação de Francisco Bosco para o cargo de presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte). A mesma edição traz o decreto que exonera Guti Fraga do cargo.

A instituição, vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), tem como objetivo o incentivo à produção e à capacitação de artistas, o desenvolvimento da pesquisa, a preservação da memória e a formação de público para as artes no Brasil. As áreas de atuação da Funarte incluem artes visuais, circo, dança, música e teatro.

Francisco Bosco é letrista e escritor, autor dos livros Alta Ajuda, Banalogias, Dorival Caymmi e Da Amizade. Filho do cantor e compositor João Bosco, é doutor em teoria literária pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e jornalista, com atuação no jornal O Globo, onde mantém uma coluna em que fala sobre cultura, política e temas da atualidade, e também escreveu para as revistas Trip e Cult.

Entre os desafios que Bosco vai enfrentar estão a elaboração da Política Nacional das Artes e a revitalização e fortalecimento da própria Funarte, uma prioridade da nova gestão do ministro da Cultura, Juca Ferreira, segundo nota divulgada pelo ministério.

Também foi nomeado hoje João Brant como novo secretário executivo do MinC. Ele foi assessor especial na Secretaria Municipal de Cultural de São Paulo e é mestre em regulação e políticas de comunicação pela London School of Economics and Political Science. Também participou da fundação do Coletivo Intervozes, que promove o direito à comunicação e à democracia no Brasil, e é doutorando em ciência política na Universidade de São Paulo.

Edição: Fábio Massalli

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Últimas notícias