Digite sua busca e aperte enter

Linhas de transmissão de energia, energia elétrica. Marcello Casal jr/Agência Brasil

Compartilhar:

Aneel leiloa 16 lotes de linhas de transmissão e subestações

Publicado em 20/12/2018 - 16:09

Por Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil São Paulo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) concluiu o leilão de 16 lotes de linhas de transmissão e subestações em 13 estados - Amazonas, Amapá, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. Durante a manhã, foram arrematados oito lotes e à tarde os oito restantes.

A linha de transmissão para atendimento à região metropolitana de Manaus será construída pelo Consórcio Emtep, que arrematou o lote 9 com oferta de R$ 11,5 milhões, deságio de 58,99%. Serão 13 quilômetros (km) de linhas de distribuição. O lote 10 foi arrematado pelo Consórcio Chimarrão, com oferta de R$ 219,5 milhões e deságio de 42,38%. O empreendimento visa a integração do potencial eólico do estado do Rio Grande do Sul, especialmente na região do Escudo Rio-grandense, litoral sul e Costa da Lagoa dos Patos. Serão 1,193 mil km de extensão com uma subestação de 2,688 mil megavolt-ampere (MVA) de potência.

O lote 11 foi arrematado pela CPFL, com oferta de R$ 33,8 milhões, deságio de 38,51% em relação ao teto estabelecido pela Aneel. Serão construídos 85,4 km de linhas de transmissão para escoamento do potencial eólico do Rio Grande do Sul, e uma subestação com capacidade para 549 MVA de potência. O lote 12, que abrange cidades do Rio Grande do Sul foi vencido pela Taesa, que superou os concorrentes com oferta de R$ 58,9 milhões e deságio de 38,80% em relação ao valor da RAP inicial de R$ 96,3 milhões. Nesse lote há uma obra de reforço para escoamento do potencial eólico do estado, especialmente na região de Coxinha de Santana. A obra prevê a implantação de 587 km de linhas de transmissão.

A Sterlite Brasil venceu a disputa pelo lote 13, com a oferta de R$ 74,7 milhões e deságio de 38,90% em relação à receita inicial ofertada. A previsão é a de que sejam construídos 316 km de linhas de transmissão, e uma subestação com capacidade de 1.544 MVA. As obras visam à integração do potencial eólico do Rio Grande do Sul, especialmente na região da Serra Gaúcha, aumentando a capacidade de suprimento e a confiabilidade da região metropolitana de Porto Alegre. A Neoenergia arrematou o lote 14, com oferta de R$ 120,9 milhões e deságio de 39,99%. O empreendimento beneficiará o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, com a integração do potencial eólico das regiões sul e extremo sul de Santa Catarina.

O Consórcio Emtep venceu a disputa pelo lote 15, com oferta de R$ 4,3 milhões, com deságio de 58%. As obras aumentarão a capacidade de atendimento à região de Porto Velho (RO), o que permitirá o desligamento de usinas térmicas responsáveis pelo atendimento local. A linha de transmissão de 11 km possibilitará a integração de Humaitá ao Sistema Interligado Nacional (SIN). O último lote foi vencido pelo Celeo Redes Brasil com a oferta de R$ 120,1 milhões, deságio de 35,73%. Com esse empreendimento serão supridas as cargas das margens direita e esquerda do Rio Amazonas, em especial as cidades de Oriximiná, Óbidos e Juriti no Pará, e Parintins, no estado do Amazonas.

Foram licitadas concessões para construção, operação e manutenção de 80 empreendimentos, dos quais 55 são linhas de transmissão e 25 são subestações. Serão contemplados 7,152 mil quilômetros de linhas de transmissão e subestações com 14,819 mil megavolt-ampere (MVA). As instalações entram em operação no prazo de 48 a 60 meses. A soma dos lotes é de R$ 2,1 bilhões, e os vencedores recebem essas receitas pela prestação do serviço por 30 anos.

Edição: Fernando Fraga

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias