Digite sua busca e aperte enter

A Petrobras anunciou a chegada da plataforma de petróleo, P-67, ancorada na Baía de Guanabara, destinada ao Sistema de Produção do Campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos. Tânia Rêgo/Agência Brasil

Compartilhar:

Produção total de petróleo e gás da Petrobras atinge meta para 2018

Publicado em 15/01/2019 - 22:21

Por Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência do Brasil Rio de Janeiro

A produção total de petróleo e gás da Petrobras, incluindo líquidos de gás natural (LGN), em 2018, ficou em 2,63 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed). De acordo com a estatal, a produção em 2018 está em conformidade com a meta estabelecida para o ano no Plano de Negócios e Gestão da companhia, que projeta o volume de 2,8 milhões de boed em 2019.

Do total produzido em 2018, 2,53 milhões boed foram produzidos no Brasil e 101 mil boed no exterior. Já a produção própria de óleo no Brasil, segundo a companhia, ficou em 2,03 milhões de barris por dia (bpd).

Também no ano passado, a média anual da produção total operada pela estatal, que representa a parcela própria e a dos parceiros, atingiu 3,29 milhões boed, sendo 3,16 milhões boed no Brasil.

A Petrobras identificou entre os principais destaques da produção em 2018 a entrada em operação de quatro novos sistemas de produção: as plataformas P-74 e P-75, no Campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos; a plataforma P-69, no Campo de Lula, também no pré-sal da Bacia de Santos; e o FPSO Cidade de Campos dos Goytacazes, localizado no Campo de Tartaruga Verde, no pós-sal da Bacia de Campos.

Outro destaque foi o permanente desenvolvimento da produção do pré-sal, que completou dez anos e registrou novos recordes como a produção anual de petróleo e gás natural operada pela Petrobras de 1,75 milhão boed e o recorde mensal de 1,85 milhão de boed, alcançado em dezembro.

A companhia atingiu a marca de 96,6% no aproveitamento de gás próprio no Brasil, que se tornou o novo recorde anual nesta categoria. Conforme a empresa, o índice foi conquistado em consequência dos esforços empreendidos ao longo dos últimos anos por meio do Programa de Otimização do Aproveitamento de Gás.

Para a Petrobras, a realização de desinvestimentos nos campos de Lapa, Sururu, Berbigão, Oeste de Atapu e Roncador, além da formação da Joint Venture da Petrobras América Inc. com a Murphy Exploration & Production Co, também foram fatores de destaques em 2018.

Dezembro

A produção total de petróleo e gás, incluindo líquidos de gás natural (LGN), registrou no último mês de 2018 um aumento de 3,3% em relação ao mês anterior. Em dezembro atingiu 2,70 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed). Desse volume, 2,64 milhões boed foram produzidos no Brasil e 63 mil boed no exterior.

A produção total operada da companhia ficou em 3,4 milhões boed, sendo a maior parte (3,3 milhões boed) no Brasil.

O crescimento na produção, segundo a estatal, foi causado, principalmente, pela interligação de novos poços no FPSO Cidade de Campos Goytacazes, no campo de Tartaruga Verde, no pós-sal da Bacia de Campos, além do término das paradas para manutenção no FPSO Cidade de Ilhabela, no campo de Sapinhoá, no pré-sal da Bacia de Santos, e na plataforma P-18, localizada no campo de Marlim, na Bacia de Campos.

Edição: Fábio Massalli

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias