Você está aqui

Enem: 364 participantes são eliminados no primeiro dia de provas

  • 24/10/2015 21h44publicação
  • Brasílialocalização
Andréia Verdélio - Repórter da Agência Brasil

No primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 364 pessoas foram eliminadas em todo o País no início ou ao longo da prova, informou hoje (24) o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

O número de eliminados foi menor do que o registrado em 2014.

Segundo Mercadante, 330 participantes estavam portando equipamentos eletrônicos, se ausentaram antes do horário permitido de saída, utilizaram impressos durante a prova e não atenderam orientações dos fiscais, entre outros motivos.

Os outros 34 eliminados estavam portando objetos inadequados identificados por detectores de metal.

“Com alguns desses 34 eliminados foram identificados pontos eletrônicos. A Polícia Federal abriu inquérito e já está investigando”, disse o ministro, destacando que qualquer participante pode ser eliminado do exame a qualquer tempo.

Apenas uma pessoa foi eliminada por postagem de foto nas redes sociais de dentro do local de provas. Ela foi identificada e reconheceu o erro.

Houve interrupção temporária de energia em 19 locais de aplicação, mas o andamento das provas não foi comprometido. Cinco emergências médicas e um óbito foram registrados durante o exame. Em Campo Grande (MS), uma aplicadora de prova teve uma crise convulsiva e morreu.

Fechamento dos portões

Assim como em edições anteriores do Enem, houve casos de pessoas que chegaram após o fechamento dos portões e não puderam fazer a prova.

“O fechamento dos portões é uma regra para dar isonomia aos participantes. Alertamos a todos e novamente acontecem aquelas cenas tristes. Nós lamentamos, mas só vão deixar de acontecer quando os participantes forem prudentes. Os casos ocorreram e queríamos motivar essas pessoas a continuar estudando para voltar ano que vem”, afirmou Mercadante.

Segundo ele, durante 22 dias os cartões de confirmação ficaram disponíveis no site do Enem para as pessoas acessarem e conhecerem os locais de prova.

“Mas ao meio-dia faltavam 844 mil participantes confirmarem a inscrição. Entre 11h e meio-dia, 17 mil acessaram pela primeira vez o cartão de confirmação. Entre 12h e 12h30, mais de 5 mil participantes acessaram o cartão, quando faltava meia hora para fechar o portão do local de prova. Após o meio-dia, tínhamos 1,2 mil pessoas a cada dez minutos acessando o cartão”, contou.

O ministro da Educação ressaltou, ainda, que, nos dois últimos dias que antecederam o exame, foram enviados e-mails e mensagens para o celular dos participantes, lembrando que eles ainda não haviam acessado o cartão.

A abstenção no primeiro dia de prova foi de 25,31%, em torno de 1,8 milhão, número menor do que o registrado em 2014. Mais de 7,7 milhões de pessoas se inscreveram para o exame, mas cerca de 800 mil estão fazendo o Enem apenas para certificação de Ensino Médio e elas têm a opção de comparecer apenas ao segundo dia de prova.

Hoje os candidatos tiveram quatro horas e 30 minutos para fazer as provas de Ciências Humanas e suas tecnologias e Ciências da Natureza e suas tecnologias.

Amanhã (25), serão cinco horas e 30 minutos para as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias.

Edição: Kleber Sampaio