Você está aqui

Jovem morre em confronto com policiais da UPP de Manguinhos

  • 15/05/2014 10h38publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - Policiamento é reforçado na Favela do Mandela, onde contêineres da UPP foram queimados ontem (20) à noite (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Confronto ocorreu na noite de ontemTânia Rêgo/Agência Brasil

Um confronto entre moradores da comunidade de Manguinhos, subúrbio do Rio de Janeiro, e policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da região, na noite passada (14) resultou na morte de Jonathan de Oliveira Lima, de 19 anos. O jovem foi ferido no confronto e chegou a ser levado às pressas para a Unidade de Pronto-Atendimento de Manguinhos, onde já chegou sem vida.

Tudo começou quando militares da UPP de Manguinhos faziam o patrulhamento na região conhecida como Barrinho e se depararam com homens armados, iniciando o tiroteio. No local foi apreendida grande quantidade de drogas e os criminosos fugiram. Em seguida, moradores revoltados com a morte de Jonathan depredaram a base da UPP localizada no Morro da Coreia. Eles também fecharam a Avenida dos Democráticos, uma das principais vias da região, ateando fogo a objetos e jogando pedras contra os veículos que passavam.

Para dispersar a multidão, a PM enviou para o local equipes do Batalhão de Choque e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) que conseguiram controlar a situação e liberar as vias, que ficaram fechadas pro mais de meia hora e provocaram grande confusão no trânsito.

Edição: Denise Griesinger