Você está aqui

Polícia investiga policiais suspeitos de estupro na Rocinha

  • 30/12/2015 10h51publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil

Dois policiais do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar são suspeitos de estuprar uma moradora da comunidade da Rocinha, na zona sul do Rio. O crime teria acontecido na manhã do dia 25.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima prestou depoimento e foi encaminhada para exame de corpo delito. Laudos complementares foram feitos pela mulher e serão encaminhados à polícia. A delegacia ouviu os suspeitos. Agentes da Polícia Civil buscam testemunhas e outras informações que ajudem nas investigações.

Segundo a PM, os policiais estavam na Rocinha para atender ao caso de um ferido na favela. Durante a ação, os policiais encontraram o corpo e ficaram no local para preservar a área e aguardar a Delegacia de Homicídios. A equipe não relatou nenhum outro fato.

O caso aconteceu um dia após a tortura a quatro jovens no bairro de Santa Teresa, cujos suspeitos também são policiais militares. Oito policiais da Unidade de Polícia Pacificadora da Coroa, Fallet e Fogueteiro chegaram a ficar presos administrativamente por 72 horas, mas foram soltos e estão fazendo trabalhos internos na PM.

Edição: Beto Coura