Você está aqui

Berzoini: governo não tem "prato feito" para reforma da Previdência

  • 17/02/2016 16h03publicação
  • Brasílialocalização
Mariana Branco - Repórter da Agência Brasil

O ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Ricardo Berzoini, disse hoje (17) a representantes de empresas e centras sindicais, que “não há prato feito, nem proposta a priori” do governo em relação à reforma da Previdência.

Berzoini fez as declarações na abertura de reunião do Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdência Social, no Palácio do Planalto. Segundo o ministro, o objetivo do fórum é chegar a propostas interessantes para o financiamento da Previdência e da sociedade como um todo.

“É fundamental que tenhamos aqui a maturidade de fazer esse debate sem posições que sejam apenas do ponto de vista de denunciar. Que possamos nos debruçar sobre as informações, os números. Essa é a mensagem que a presidenta Dilma pede que possamos transmitir”, disse. Berzoini também destacou a importância de manter o que chamou de “solidariedade intergeracional”, ou seja, o atual modelo de financiamento das aposentadorias.

O ministro ressaltou que as circunstâncias da economia mudaram e que é preciso debater como criar as condições para retomar um ciclo de crescimento capaz de gerar emprego. De acordo com Berzoini, o debate tem de abordar também os desafios de estruturar as relações de trabalho nas empresas de forma a não perder as conquistas dos trabalhadores e de viabilizar a atividade empresarial.

O fórum está reunindo sugestões de todas as partes envolvidas na questão da reforma da Previdência a fim de enviar, até o final do primeiro semestre, proposta ao Congresso Nacional para apreciação dos parlamentares. Segundo integrantes do governo, o tema será inserido no contexto de uma “agenda de crescimento”.

Edição: Luana Lourenço