Você está aqui

Carnaval do Rio atrai mais de um milhão de turistas e movimenta R$ 3 bilhões

  • 11/02/2016 16h23publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

banner_carnaval_2016

O carnaval do Rio de Janeiro atraiu 1,026 milhão de turistas, que movimentaram cerca de R$ 3 bilhões, segundo balanço prévio divulgado hoje (11) pela Secretaria Especial de Turismo/Riotur.

A ocupação hoteleira no período atingiu média de 85% na cidade, contra 83,79% no carnaval de 2015, segundo a Riotur, com base em informações da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (Abih-RJ). Os maiores índices médios foram observados nos bairros de Ipanema (92%) e Copacabana (88%). Na Barra da Tijuca, a taxa de ocupação foi de 75%.

Nos albergues e pousadas, dados da Associação de Cama e Café e Albergues do Estado do Rio de Janeiro (Accarj), que reúne 217 empreendimentos desse tipo, indica ocupação de 94,7%, com possibilidade de alcançar 97% até o próximo domingo (14).

O secretário de Turismo do Rio de Janeiro, Antonio Pedro Figueira de Mello, disse que o trabalho para atrair e receber visitantes começa antes do carnaval. “São mais de 30 dias de muito trabalho, contando com o período pré-carnavalesco, diversos shows e bailes populares acontecendo em toda a cidade e ainda o palco maior, que é o Sambódromo”.

Segundo Figueira de Mello, a “operação de guerra” do carnaval é coordenada pela Secretaria de Turismo, com apoio de dez órgãos públicos municipais e estaduais.

No Píer Mauá, 13 navios de cruzeiros trouxeram ao Rio de Janeiro 130 mil visitantes. No ano passado, foram 70 mil visitantes nessa modalidade. Somente no domingo de carnaval (7), 11 navios atracaram no píer ao mesmo tempo.

A Riotur informou ainda que o Cordão da Bola Preta foi o bloco que reuniu o maior número de foliões (1 milhão), seguido do Bloco da Preta (300 mil), Bloco da Favorita com Empolga às 9 (200 mil), Sargento Pimenta e Simpatia é Quase Amor (180 mil cada), e Bangalafumenga (100 mil).

De acordo com o secretário, a tendência para os próximos carnavais é de expansão dos blocos pequenos e médios e estabilização dos blocos de grande porte, o que deverá melhorar a distribuição de público entre os bairros da cidade.

Os três postos de temporários de atendimento ao turista instalados no Sambódromo receberam 617 visitantes durante os quatro dias de desfiles. Os agentes de informação atenderam a 19 mil turistas. Os principais pedidos eram sobre a programação dos blocos, onde comer e encontrar banheiros na Passarela do Samba, e onde pegar transportes como metrô, ônibus e táxi.

De acordo com o balanço da Riotur, 1.282 jornalistas brasileiros de 225 veículos de nove estados participaram da cobertura de imprensa do carnaval. A cobertura internacional abrangeu 287 profissionais de 111 veículos, com destaque para Estados Unidos e Inglaterra.

Folia até domingo
O carnaval no Rio continua amanhã (12) e no sábado (13), no Terreirão do Samba, com shows de samba e pagode. Os grupos Revelação e Fundo de Quintal e o cantor Diogo Nogueira são algumas das atrações.

De hoje (11) a domingo (14), 44 blocos de rua percorrerão as ruas da cidade, com destaque para o Bloco da Anitta, no sábado (13), e o Monobloco, no domingo.

No sábado, as seis melhores escolas de samba do Grupo Especial voltam a se apresentar na Marquês de Sapucaí, no Desfile das Campeãs. O desfile vai começar às 21h, com a sexta colocada, a Imperatriz Leopoldinense. Em seguida, desfilarão Beija Flor, Salgueiro, Portela, Unidos da Tijuca e a campeã Estação Primeira de Mangueira.

Edição: Luana Lourenço