Você está aqui

Mangueira é a campeã do carnaval do Rio

  • 10/02/2016 18h22publicação
  • Brasílialocalização
Maiana Diniz - Repórter da Agência Brasil

 

 

 

 

 

 

 

A Estação Primeira de Mangueira acaba de ser anunciada como a campeã do Grupo Especial do Rio de Janeiro em 2016, com 269,8 pontos. Com o enredo Maria Bethânia- a menina dos olhos de Oyá, a escola homenageou a cantora Maria Bethânia na segunda-feira (8) no Sambódromo da Sapucaí. Este é o 18° título da escola, que ganhou pela última vez em 2002.

A dois quesitos do fim da apuração, as escolas Mangueira e Salgueiro estavam empatadas na liderança, com 209,8 pontos. A verde-rosa se isolou no primeiro lugar no último quesito, alegorias e adereços.

Rio de Janeiro - Integrantes da Escola de Samba da Mangueira comemoram o titulo do carnaval 2016 na Marquês de Sapucaí (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Integrantes da Mangueira comemoram o título do carnaval 2016 na Marquês de Sapucaí Tomaz Silva/Agência Brasil

A escola Unidos da Tijuca ficou em segundo lugar (269,7 pontos), com o enredo Semeando sorriso a Tijuca festeja o solo sagrado, que falou sobre a terra e o sustento do homem. Em terceiro lugar, com a mesma pontuação, ficou a Portela, com o enredo No voo da águia, uma viagem sem fimEm caso de empate, é levado em conta as notas das escolas empatadas nos últimos quesitos. Assim, as notas do último item anunciado são consideradas para o desempate, no caso, alegorias e adereços. Se o empate persistir, o desempate deve ser feito no quesito anterior, bateria, e assim por diante, na ordem oposta aos anúncios. A Unidos da Tijuca obteve mais pontos que a Portela no quesito comissão de frente.

A última colocada do Grupo Especial foi a Estácio de Sá, com 265 pontos, e será rebaixada para o Grupo de Acesso Série A no Carnaval de 2017. A campeã da Série A será anunciada ainda hoje na Sapucaí e vai desfilar no Grupo Especial no ano que vem.

O anúncio das notas das escolas, avaliadas em nove quesitos, foi feito esta tarde na Praça da Apoteose, na seguinte ordem: samba-enredo, enredo, comissão de frente, fantasia, mestre-sala e porta-bandeira, harmonia, evolução, bateria e alegorias e adereços.

Nenhuma escola perdeu pontos por descumprimento do regulamento, como casos de dispersão e falhas com a cronometragem do desfile. A escola ganhadora foi definida a partir da soma de todos os itens analisados. Nos nove quesitos, quatro jurados dão as notas e a menor é descartada, com exceção da bateria, que teve um jurado a menos.

As doze escolas que desfilaram pelo Grupo Especial no Rio de Janeiro foram: Estácio de Sá, Mangueira, Mocidade, Vila Isabel, Salgueiro, Grande Rio, São Clemente, Portela, Beija-Flor, União da Ilha, Imperatriz e Unidos da Tijuca.

Desfile das Campeãs

As seis escolas mais bem classificadas vão voltar à Sapucaí no próximo sábado (13) para o Desfile das Campeãs. Além das duas primeiras colocadas, vão desfilar também a Portela (3° lugar), Acadêmicos do Salgueiro (4° lugar), a Beija-flor de Nilópolis (5° lugar) e a Imperatriz Leopoldinense (6° lugar). A TV Brasil irá transmitir o desfile, a partir das 21 horas.

Veja a classificação final do Grupo Especial das escolas de samba do Rio de Janeiro:

1º) Mangueira - 269,8 pontos
2º) Unidos da Tijuca - 269,7 pontos
3º) Portela - 269,7 pontos
4º) Salgueiro - 269,5 pontos
5º) Beija-Flor - 269,3 pontos
6º) Imperatriz Leopoldinense - 269,2 pontos
7º) Grande Rio - 268,7 pontos
8º) Unidos de Vila Isabel - 267,9 pontos
9º) São Clemente - 267,8 pontos
10º) Mocidade - 266,5 pontos
11º) União da Ilha - 265,8 pontos
12º) Estácio de Sá - 265 pontos

Edição: Carolina Pimentel