Você está aqui

Quatro mil escoteiros discutem Objetivos do Desenvolvimento Sustentável no Rio

  • 07/05/2017 14h06publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - Escoteiros do Rio de Janeiro participam do Grande Jogo Escoteiro de 2017, com tema sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro - Escoteiros do Rio de Janeiro participam do Grande Jogo Escoteiro de 2017, com tema sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas Fernando Frazão/Agência Brasil

Cerca de 4 mil escoteiros do Rio de Janeiro promovem hoje (7) seus jogos anuais no Aterro do Flamengo, na zona sul da cidade. O evento deste ano, porém, tem o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU) que aproveitou a reunião de centenas de crianças e adolescentes para discutir seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). 

“Os ODS são o tema do escotismo no Brasil inteiro neste ano, então estamos desenvolvendo essa temática nesta edição dos jogos. Eles estão divididos em diversas bases [grupos] e, em cada base, eles estão desenvolvendo um tema específico. Em uma das bases, por exemplo, eles estão desenvolvendo um projeto de energia solar em que eles vêem como a energia solar se aplica na prática. Em outra base, há um debate sobre erradicação de pobreza”, disse o presidente da seção do Rio dos Escoteiros do Brasil, Rubem Tadeu Perlingeiro.

Durante os Jogos, os escoteiros precisam executar uma série de atividades. Nos Jogos, os diversos grupos não competem entre si, mas sim consigo mesmo. Espera-se que os escoteiros atinjam um determinado padrão e quanto mais próximo desse padrão, mais bem classificados ficam os escoteiros.

Os ODS são 17 objetivos, com 169 metas propostas pela ONU em 2015 para serem atingidas por seus países-membros nos próximos 15 anos, como a erradicação da pobreza e o combate às alterações climáticas.

Edição: Valéria Aguiar