Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

São Paulo vai permitir circulação livre de caminhões esta semana

Publicado em 27/05/2018 - 12:20 e atualizado em 27/05/2018 - 12:53

Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), acaba de informar que assinou um decreto para permitir a livre circulação de caminhões na capital paulista ao longo desta semana. A medida, segundo o prefeito, vai permitir que os caminhões, assim que encerrada a paralisação dos caminhoneiros, possam abastecer a cidade. Segundo o prefeito, o decreto começa a valer a partir de hoje e a publicação pode ocorrer oficialmente amanhã, em edição especial, ou na próxima terça-feira.

“Acabo de assinar um decreto suspendendo qualquer restrição à circulação de caminhões na cidade de São Paulo até domingo que vem. A gente espera que, com o fim da manifestação, possamos ter uma circulação maior e que o abastecimento da cidade possa voltar à normalidade dentro desta semana”, disse o prefeito.

O prefeito também anunciou que não haverá mais a necessidade de decretar ponto facultativo ou feriado na cidade de São Paulo.

Acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro) permitiu, segundo o prefeito, que fossem abastecidos veículos destinado a serviços essenciais com 1 milhão de litros de combustível.

“Com a escolta de combustível, vindo da distribuidora da Petrobras em Barueri (Grande São Paulo), foi possível conseguir mais 1 milhão de litros de diesel. Da mesma forma, a partir de uma ação em conjunto com o Sincopetro conseguimos identificar quais postos de combustível tinham caminhões carregados dentro das distribuidoras. Escoltamos esses caminhões com a contrapartida de que esses postos ficassem exclusivamente para abastecimento de veículos de serviços essenciais na cidade”, disse o prefeito.

Segundo Covas, a prefeitura espera ainda ampliar a quantidade de postos exclusivos para o atendimento da frota municipal.

Com essas duas ações, disse o prefeito, a cidade está conseguindo manter os serviços essenciais, inclusive o serviço funerário. Hoje, apenas a coleta seletiva de lixo está suspensa e há preocupações com insumos para a merenda e o suprimento de gás de cozinha nas escolas públicas a partir de terça-feira. Para amanhã, a expectativa é que a frota de ônibus opere com 60% a 80% da frota. Neste domingo, a circulação, que normalmente ocorre com frota reduzida, está normal. 

Doação de sangue

Durante a entrevista, o prefeito aproveitou para solicitar que as pessoas colaborem com a doação de sangue. “O Hospital das Clínicas pede que, quem puder fazer doação de sangue, aos que puderem se dirigir ao HC. O estoque de sangue está baixo, comprometendo esse serviço”, disse o prefeito.

 

*Matéria ampliada às 12h53

Edição: Lílian Beraldo

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias