Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Parque do Itatiaia assina contrato de concessão de serviços

MMA espera mais visitantes na unidade, situada entre o Rio e Minas

Publicado em 06/02/2019 - 13:08 e atualizado em 06/02/2019 - 16:55

Por Agência Brasil Brasília

O Parque Nacional do Itatiaia, localizado entre os estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, ganhou mais um parceiro nesta quarta-feira (6), com a assinatura de contrato com a empresa Hope Recursos Humanos para operar os serviços de atendimento aos visitantes.
Formação rochosa conhecida como Prateleiras é uma das atrações do Parque de Itatiaia, que completa 80 anos.
O parque foi criado em 1937 pelo então presidente Getúlio Vargas - Adriana Mattoso/Divulgação/Parque de Itatiaia

A assinatura do contrato entre a empresa e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão gestor do parque, ocorreu no Centro de Visitantes da unidade, com a presença do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.A expectativa do ministro é aumentar o turismo no parque. “A população em geral precisa visitar [as unidades de conservação]. Quem visita cuida, valoriza a conservação e abre espaço para que as próximas gerações também se dediquem a visitações, ao ecoturismo”, afirmou Salles.

Conforme o contrato, a concessionária deverá investir, em um período de 25 anos, R$ 17 milhões na melhoria dos serviços e da infraestrutura do parque para receber os visitantes, como venda de ingressos, estacionamento e instalações e espaços para alimentação, comércio, hospedagem e atividades de aventura.

Não é privatização

Com 28 mil hectares que se estendem pela Serra da Mantiqueira, o Parque Nacional do Itatiaia foi criado em junho 1937 pelo então presidente Getúlio Vargas e é o mais antigo do Brasil. Mesmo com o contrato de concessão de serviços, o parque continua sob controle territorial e administrativo por parte do governo brasileiro, já que não se trata de privatização.

O texto foi alterado às 16h48 para correção de informações
Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias