Rio: mulher é morta por bala perdida quando ia buscar netos na escola

Houve confronto entre policiais e traficantes quando ela foi atingida

Publicado em 05/12/2019 - 23:32 Por Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Uma mulher de 50 anos morreu hoje (5)  durante uma operação do 7° Batalhão da Polícia Militar em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, após ser atingida por uma bala perdida. A vítima estava indo buscar os dois netos na escola quando foi atingida e morreu na hora.

A ação da PM pretendia retirar barricadas colocadas pelo tráfico de drogas na entrada da comunidade para impedir a entrada dos carros da polícia. Houve confronto entre militares e criminosos na hora em que a mulher passava. 

Um suspeito do tráfico de drogas na região foi preso e outro baleado. De acordo com a PM, com eles foram apreendidos dois fuzis e uma pistola automática. O criminoso ferido foi encaminhado ao Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, mas não resistiu ao ferimento.

Após a morte da moradora, manifestantes bloquearam e atearam fogo em pedaços de paus e pneus na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104), que ficou parcialmente fechada por mais de uma hora, devido ao protesto.

Nesta quinta-feira, uma operação policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar (PM) deixou quatro mortos no Morro do Dendê, na Ilha do Governador, zona norte da cidade do Rio de Janeiro. Segundo informações da PM, o Setor de Inteligência da corporação recebeu a informação de que haveria uma reunião de líderes de organizações criminosas de várias comunidades. Entre os mortos está o comediante Diego Buiu, conhecido como Bunitinho,famoso nas redes sociais e que tinhano Instagram 454 mil seguidores e no seu canal do Youtube mais de 100 mil inscritos. Os dois empresários de Bunitinho também estão entre os mortos na operação.

Edição: Fábio Massalli

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias