Você está aqui

Preocupação com segurança faz Donald Trump cancelar comício em Chicago

  • 11/03/2016 22h55publicação
  • 12/03/2016 00h59atualização
  • Estados Unidoslocalização
José Romildo - Correspondente da Agência Brasil
Preocupação com segurança faz Donald Trump cancelar comício em Chicago (Agência Lusa/Direitos Reservados)

Donald Trump cancela comício em ChicagoAgência Lusa/Tannen Maury/Direitos Reservados

Os organizadores de um comício do candidato Donald Trump, que pretende ser nomeado representante do Partido Republicano nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, determinaram o cancelamento de comício marcado para a noite desta sexta-feira (11) no centro de Chicago, no estado de Illinois. O cancelamento ocorreu em meio ao crescente confronto entre manifestantes que apoiam e os que protestam contra as propostas do candidato republicano.

"Donald Trump acabou de chegar em Chicago e determinou que, para a segurança de milhares de pessoas que se reuniram no ginásio [local do comício], hoje, o evento vai ser cancelado", informaram os organizadores do comício em um comunicado.

Meia hora antes do adiamento do comício, milhares de simpatizantes do candidato republicano disputavam o espaço com manifestantes contrários a Trump no interior do Pavilhão de Chicago da Universidade de Illinois. Quando foi anunciado o cancelamento, manifestantes começaram a vaiar Trump. Com isso, houve um início de briga entre os simpatizantes e os manifestantes. O conflito  só terminou com a chegada da polícia. Não houve feridos nem prisão de envolvidos no tumulto.

Do lado de fora do pavilhão, os manifestantes contrários a Trump organizaram uma marcha pelas ruas de Chicago. No entanto, a marcha foi desfeita em razão do bloqueio das ruas pela polícia.

O cancelamento do comício ocorre no mesmo dia em que 32 pessoas foram presas em protestos durante outro comício de Trump, ocorrido no Peabody Opera House, em Saint Louis, no estado de Missouri.

Dentro do Peabody Opera House, manifestantes interromperam Trump oito vezes, com vaias e gritos.

 

Matéria atualizada às 00h59 para acréscimo de informações

Edição: Fábio Massalli