Você está aqui

Raúl Castro e Obama têm encontro histórico no Palácio da Revolução, em Havana

  • 21/03/2016 15h01publicação
  • Havanalocalização
Da Agência Lusa
Presidente Barack Obama cumprimenta o presidente cubano Raúl Castro no Palácio da Revolução, em Havana

Presidente Barack Obama cumprimenta o presidente cubano Raúl Castro no Palácio da Revolução, em HavanaMichael Reynolds/Agência Lusa

O presidente de Cuba, Raul Castro, recebeu hoje (21) o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no Palácio da Revolução, em Havana. O encontro bilateral, que acontece no âmbito da primeira visita oficial de um presidente norte-americano ao país caribenho em quase nove décadas –, faz parte do processo de restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países, que durante mais de meio século viveram sem relações diplomáticas.

Dentro da sede do governo cubano, Raul Castro cumprimentou Obama com um aperto de mão e os dois líderes posaram para fotos oficiais. Após este momento, teve início a cerimônia de boas-vindas: os dois governantes ouviram os hinos de Cuba e dos Estados Unidos diante das bandeiras dos dois países.

Presidente Barack Obama passa em revista as tropas cubanas acompanhado pelo seu homólogo cubano, Raúl Castro

Obama passou em revista as tropas cubanas acompanhado do presidente cubano, Raúl CastroMichael Reynolds/Agência Lusa

Depois, Castro e Obama passaram em revista a guarda de honra composta pela Unidade de Cerimônia das Forças Armadas Revolucionárias de Cuba.

No fim da cerimônia protocolar, o líder cubano cumprimentou os membros da comitiva norte-americana, entre eles o secretário de Estado, John Kerry, e os responsáveis pelas pastas de Comércio, Penny Pritzker, e da Agricultura, Tom Vilsack.

A comitiva norte-americana também saudou os membros do governo cubano presentes na cerimônia, como o primeiro vice-presidente Miguel Díaz-Canel e o chefe da diplomacia cubana, Bruno Rodríguez.

Barack Obama depositou uma coroa de flores junto ao Memorial José Martí

O presidente norte-americano depositou uma coroa de flores junto ao Memorial José MartíMichael Reynolds/Agência Lusa

Antes do encontro com Raul Castro, Obama visitou o memorial do herói nacional cubano José Martí, na Praça da Revolução, em Havana. Ele depositou uma coroa de flores junto do memorial e ouviu o hino dos Estados Unidos na praça que é conhecida pela imagem em um prédio do líder revolucionário Ernesto Che Guevara.

Histórico

Esta é a quarta vez que os dois líderes se encontram, mas a primeira em solo cubano. Em abril do ano passado, Obama e Castro se reuniram por meia hora durante a VII Cúpula das Américas, no Panamá; em 2013 trocaram um breve cumprimento nas cerimônias fúnebres do líder histórico sul-africano Nelson Mandela; e em setembro do ano passado se encontraram na Assembleia-geral da Organização das Nações Unidas, em Nova Yorque.

O último presidente norte-americano em exercício que visitou Cuba foi Calvin Coolidge (1923-1929), em 1928.

Após mais de 50 anos sem relações diplomáticas, Estados Unidos e Cuba anunciaram em 17 de dezembro de 2014 uma aproximação histórica. Depois de vários meses de rodadas de negociações, Obama e Castro anunciaram em 1º de julho do ano passado o restabelecimento das relações diplomáticas e a abertura de embaixadas nas capitais de cada país.