Digite sua busca e aperte enter

O novo primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez, ao anunciar seu novo governo Mariscal/EFE/direitos reservados

Compartilhar:

Pela primeira vez, Espanha terá um governo majoritariamente feminino

Publicado em 06/06/2018 - 20:36

Por Renata Giraldi – Repórter da Agência Brasil Brasília

Ao apresentar hoje (6) os nomes do novo governo, o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, 46 anos, surpreendeu ao nomear 11 mulheres e seis homens, entre eles um astronauta. Para as principais pastas, foram nomeadas mulheres: Nádia Calviño Santamaría, no Ministério de Economia e Empresa; Margarita Robles Fernández, para a Defesa; e María Jesús Montero Cuadrado, para chefiar a Fazenda.

Governo espanhol será composto por 11 mulheres
Governo espanhol será composto por 11 mulheres e apenas seis homens - EFE/direitos reservados

É a primeira vez que a Espanha terá um governo majoritamente feminino. Socialista e declaradamente ateu, Sánchez inovou desde sua posse na semana passada, quando optou por não fazer o tradicional juramento sobre os símbolos cristãos.

Sánchez se disse comprometido com a igualdade de gênero de maneira inequívoca. “O que inclui mais mulheres do que homens, pela primeira na história de democracia espanhola, com o peso das responsabilidades econômicas sobre as mulheres e coloca as políticas de igualdade como foco da ação de governo”, ressaltou.

Em seguida, o primeiro-ministro sintetizou o que planeja para seu governo: “Ser um fiel reflexo do melhor da sociedade que aspiramos servir, que é paritária, intergeneracional, aberta ao mundo e com apoio de uma União Europeia comprometida socialmente e altamente qualificada.”

Sánchez ressaltou também que vai atuar para fortalecer o bloco econômico, fragilizado com a decisão do Reino Unido de abandonar o grupo.

O novo primeiro-ministro substitui Mariano Rajoy, que deixou o governo sob escândalo de corrupção e após ter o nome aprovado por uma moção de censura. Nesta quarta-feira, Rajoy afirmou que deixará a vida política.

Confira a composição do novo governo da Espanha:

Presidente do governo: Pedro Sánchez

Vice-presidente e ministra de Presidência, Relações com as cortes e Igualdade: Carmen Calvo Poyato

Ministro de Assuntos Exteriores, de União Europeia e de Cooperação: Josep Borrell Fontelles

Ministra da Justiça: Dolores Delgado García

Ministra de Defesa: Margarita Robles Fernández

Ministra de Fazenda: María Jesús Montero Cuadrado

Ministra de Economia e Empresas: Nadia Calviño Santamaría

Ministro do Interior: Fernando Grande-Marlaska

Ministro de Fomento: José Luis Ábalos Meco

Ministra porta-voz, de Educação e Formação Profissional: Isabel Celaá Dieguez

Ministra de Trabalho, Migrações e Seguridade Social: Magdalena Valerio Cordero

Ministra de Indústria, Comércio e Turismo: Reyes Maroto Yllera

Ministro de Agricultura, Pesca e Alimentação: Luis Planas Puchades

Ministro de Ciência, Inovação e Universidade: Pedro Duque

Ministra de Política Territorial e Função Pública: Meritxell Batet Lamaña

Ministra de Saúde, Consumo e Bem-estar Social: Carmen Montón Giménez

Ministra para a Transição Ecológica: Teresa Ribeira Rodríguez

Ministro de Cultura e Esporte: Maxim Huerta Hernández

Edição: Denise Griesinger

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias